Terça-feira, 8 de Abril de 2008

Estado de alma

 

 

 

Nesta tarde de chuva,
vendi minha alma ao diabo....

Fiquei agressiva, somente para ferir
sem saber onde ir,
odiei, naufraguei
chorei e nao me reencontrei...
nas trevas da tristeza
me perdi, e o encontrei
desesperei, me culpabilizei
nao foi com isto que sonhei
me abandonei á chuva
qual de nós é mais triste,
qual de nós, primeiro desiste
de tanto chorar
desta vida, sem destino
com sentido triste.
preciso do meu anjo guardiao
tanta vez me empolgou
me encentivou
me ajudou
me estimulou
me amou
e agora

me
abandonou
Porquê...


                                              

 Alzira Macedo

 

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
sinto-me: Triste, perdida
musica: este do video
publicado por Alzira Macedo às 18:24

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
comentarios:
De Cöllyßry a 8 de Abril de 2008 às 23:30
Vender nossa Alma...nunca, poderão vir cobrar essa divida apesar de ele o diabo não existir...mas as trevas sim, existem, e sempre há Almas nessse estado que nos escuta...

Que seja um momento ruim se passe rápido...
Doce beijo e meu rastoooooooooo

Cõllybry
De Alzira Macedo a 9 de Abril de 2008 às 15:17
Obrigaa querida adorei esse teu rasto...
Volta sempre é um prazer te ver por cá...
bjs
De Secreta a 9 de Abril de 2008 às 10:31
Quantas vezes nos sentimos assim ... desamparados ...
Beijito.
De Alzira Macedo a 9 de Abril de 2008 às 15:16
Espero sinceramente mts poucas vezes... Nao me lembro e me ter sentio assim tao por baixo....
deixa-me te izer amiga k é pessimo..
Obrigada pelo carinho
De Alzira Macedo a 9 de Abril de 2008 às 15:16
Espero sinceramente mts poucas vezes... Nao me lembro e me ter sentio assim tao por baixo....
deixa-me te izer amiga k é pessimo..
Obrigada pelo carinho
De jomar a 9 de Abril de 2008 às 14:57
São assim por vezes os nossos estado de alma....Mas o consolo é que o amanhã será um novo dia, e uma nova esperança se abre com o raiar do dia, o desespero por vezes tira-nos o raciocinio, e muitas vezes ele nos leva a perder o controlo da nossa mente , não deixes que isso aconteça ..Beijos
De Alzira Macedo a 9 de Abril de 2008 às 15:14
Obrigado pelo comentario e pela analise perfeita do que nos leva por vezes a dizer palavras tao carregadas e marcantes como as que escrevi num momento de revolta e e desespero...
O sol brilhará novamente, e eu voltarei a sorrir...
Nao consigo acessar ao teu link para ver teu blog, ou nao tens?
Beijo e obrigado por me teres vizitado em meu estado de alma...
De tiago pereira a 9 de Abril de 2008 às 22:28
verdadeiramente o estado de espirito em que me encontro ultimamente, sabes a vida é mesmo mt cruel conosco por vezes...
gosto mt de ler o que escreves, na tua escrita encontro mtas vezes o que sinto ou senti.
parabens
De momentos_infinitos a 15 de Abril de 2008 às 12:03
Caiu uma tempestade nos sentidos... Sentimos que naufragamos mas sabemos que somos fortes e que daqui há pouco a bonanza vai trazer de novo a paz... E anjo da guarda, não abandona...mas deixa-te cair para aprenderes a levantar!! Força...o sol volta a brilhar! Beijo
De Viajante dos Ventos a 15 de Abril de 2008 às 17:05
As palavras aqui escritas revelam um lado sombrio dos sentimentos humanos. Quem nunca teve momentos em que sentiu a tristeza querer dominar a mente? Muitas vezes os problemas parecem não ter fim. O importante de tudo isso é saber o seguinte: A chuva pode até parecer ruim em determinados momentos, mas é ela que vai correr para os rios e logo estar suprimento as nossas necessidades. Assim são os momentos de desespero e tristeza, podem até parecer ruins mas na verdade vão servir de suporte, para no futuro, ajudarmos àqueles que estão à nossa volta e não tem a mesma estrutura emocional que tivemos para suportar determinados problemas. Força!! Porque o seu anjo guardião está contigo e talvez você nem tenha percebido a presença dele. É normal às vezes nos sentirmos só mas ele está aí e nunca vai te abandonar.
Grande abraço!!!
Viajante dos Ventos

Comentar poste

Visitantes


jeux de casino internet

Sou assim...

Nas asas da imaginação, sentimo-nos que nem borboletas. Voláteis, frágeis e livres Image Host

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

Um despejar...

Triste amanhecer

Quando cai a noite...

Mulher vulcão

"Melhor Presente"

Momento de reflexão

Momentos...

Folhas em branco

Coração bate forte

Imagem que não é a minha....

Uma brisa vinda de longe

Disfarçada em poeta...

Apenas palavras soltas, s...

Um desabafo solitario

Amor Maduro

Tu, eu e a noite

Quando a tristeza nos inv...

Esperanças sofridas

Saudades matam

...

Momento de reflexão

< <

Myspace Photo Cube

Apareça o sol! - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5

mais comentados

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...