Terça-feira, 8 de Setembro de 2009

poetar...

 

 

Imagem retirada da net...

 

 

 

Poeta risonho…

Ser poeta é, ver beleza na escuridão
é sorrir no lamento, prá multidão
poeta…
sabe trazer felicidade ao pobre coração
pelo sonho, pelo sorriso,
pelas palavras meigas
carregadas de emoção
ser poeta é ser diferente
que expressa o que sente
envolve a alma e coração
e seu próprio inconsciente
poeta risonho, o domador da rebeldia
que ouve o grito de agonia
com suas palavras doces
é criador de magia
Semeia esperança do verbo amar
sentindo a vontade do mundo conquistar
querendo o amor partilhar
a força do poeta é
seus versos e rimas que ninguém sabe explicar
como nasceu, como aprendeu, como amadureceu
poeta não sou apenas eu
Mas sim tu, que sentes com o coração
que entendes os segredos da vida
e os desafias com devoção
ser poeta é ser pintor,
que com cuidado, traça riscos de amor

 

 

 

Autor (Alzira Macedo)

 

 

 

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
sinto-me: animada, por escrever
musica: Eu nao sou poeta
publicado por Alzira Macedo às 12:03

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
comentarios:
De Lynce a 9 de Setembro de 2009 às 11:53
Mais um poema lindíssimo e cheio de romantismo, adoro ler-te amiga e, espero poder continuar a fazê-lo por muitos e longos anos.

Beijinhos
:))
De Zé Marques a 4 de Outubro de 2009 às 23:35
Parabéns Zira, pelos excelentes poemas,pela simplicidade como falas dos teus sentimentos,pela alegria contagiante como elaboras todos os teus trabalhos.
Um beijinho para a Vanessa,é linda e canta bem .
De Alzira Macedo a 5 de Outubro de 2009 às 09:23
Obrigado Zé...

Pela tua vizita ao meu humilde recanto dos sentimentos...
Tanto os positivos como os negativos, sempre que posso escrevo aqui e no meu outro blog.
www.alzira-macedo.blogs.sapo.pt
Deixei alguns comentarios no blog da freguesia de Laúndos..
Mas deixa-me te dar os parabens tens lá postes muito interessantes, pena que nao seja tao divulgado e conhecido...
Tenho a certeza de que os nossos lanutenses que vivem lá foram saberiam um pouco mais e viriam com fotos reais as melhorias da terra mae...
beijo até breve aqui ou no teu blog ou até pessoal....
De Janil.Correa a 20 de Outubro de 2012 às 20:41
JÁ QUE EM TEU POEMA PERMITISTE-ME EXPRESSAR O QUE SINTO, ACEITA ESTE TEXTO.

UM TEXTO NOSTÁLGICO DE jan...



Não consigo viver sem você!

(escrito por jan)



Existem momentos em que consigo conviver sem nenhum alimento, sem qualquer luz, inclusive sem o calor do sol, sem nada, absolutamente nada...

Há momentos, acredite, que penso que conseguiria viver sem mim mesmo tão apaixonado estou pela solidão...

Mas há momentos, meu amor, minha vida, que para minha surpresa, não conseguiria viver um segundo distante de você, como agora...

De repente, necessito de você, como do ar para viver.

Perdoa-me!

Comentar poste

Visitantes


jeux de casino internet

Sou assim...

Nas asas da imaginação, sentimo-nos que nem borboletas. Voláteis, frágeis e livres Image Host

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

Um despejar...

Triste amanhecer

Quando cai a noite...

Mulher vulcão

"Melhor Presente"

Momento de reflexão

Momentos...

Folhas em branco

Coração bate forte

Imagem que não é a minha....

Uma brisa vinda de longe

Disfarçada em poeta...

Apenas palavras soltas, s...

Um desabafo solitario

Amor Maduro

Tu, eu e a noite

Quando a tristeza nos inv...

Esperanças sofridas

Saudades matam

...

Momento de reflexão

< <

Myspace Photo Cube

Apareça o sol! - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5

mais comentados

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...