Terça-feira, 10 de Novembro de 2009

MISS YOU MY SON...

 

 

Quantos sofrimentos pode aguentar uma mãe…
Quantas noites perdidas, só porque nos preocupa-mos com nossos filhos…
Quantos sorrisos, pelas alegrias que eles nos dão
Quantas lágrimas contidas… Porque a saudade nos sufoca…
E quantas lágrimas que correm, porque a dor é grande…
Eu não fujo á regra…
Sou mãe de 3 maravilhosos filhos…
Um já partiu, emigrou…
Vive a vida dele, mas continua pequenino no meu coração
será sempre o meu “KIKO”
Há dias ao comunicar por webcam com ele, chorei… Por alegria, por saudade, por tudo
Até porque sou chorona…
Enquanto falava com ele, e podia-o observar o quanto ele está modificado…
Traços mais firmes, mais maduro, mais responsável, e cheio de força para vencer na vida…
Tanto pedi para ele continuar a estudar…
Não quis, foi sempre um cabeça dura esse meu filho. (Será que sai á mãe)
Não tenho tempo para pensar nisso, agora (riso)
Continuando meu filho com carinho me falava dele do que queria do que pretendia…
Meus olhos se encheram de água e mal via á minha frente…
Meu coração explodiu e uma poesia para ele não contíu…
Este poste é dedicado a ti meu filho, que tanto me mimas e orgulhas…

 

 

 

Meu Filho

Podes ter quem goste de ti,
podes ter muitos amigos!
Mas ninguém te ama como eu…
Tenho esperado o momento
de te ver florir,
Nunca pensei que fosse tão rápido..
Do amor nasceste e cresceste…
No mimo te criamos…
desenvolvestes-te,
 de um ar sofredor pela luta
que não alcanças-te
investiste teu corpo e coração ao desporto…
nada valeu
Porquê?
porque não era teu…
simplesmente tentas-te
hoje…
 Noutro caminho entras-te
Na dura profissão de martelo e picareta.
Pensei, que não ias aguentar
o frio, a dureza e o vigor que a profissão exige
hoje…
 Tiro-te o chapéu
pelo homem que te, tornas-te…
Gostas do que fazes
desenvolveste tuas capacidades
que ninguém alguma vez imaginou.
Mas eu, tua mãe…
Que em meu ventre, te gerou,
sabia…
 Que ias conseguir vencer,
o que ninguém quis entender
Pouco tempo vai que partiste
Mas sinto um vazio em mim,
uma saudade sem fim…
Foste e não queres voltar
sei que estás feliz e isso me faz caminhar
Mas nunca,
me peçam, para deixar de em ti pensar
é impossível, perder de vista
quem me ensinou o que é o verdadeiro amar.
Sim…
És tu meu filho…
O meu mais belo versejar…

 

 

Para ti Patrick com saudade...
mama                  

  Alzira Macedo               

 

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
sinto-me: Chorona
musica: LENA... CANTAS PA MIM LEMBRAS_TE
publicado por Alzira Macedo às 14:26

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
comentarios:
De pecadoespecial a 10 de Novembro de 2009 às 16:26
Não tenhamos medo de Amar



Tenho medo de amar

Medo se sofrer

Não se pode ter medo eu sei!!!!

Mas o medo me toma

Se apossa de mim sem eu dar conta

E uma angustia um medo de tudo

Não posso nem quero ter medo

Mas que faço

Se aguardo um chamado teu e nada

Se espero por ti aqui no meu canto

E não vens

As angústias me tomam

Os medos me invadem

Como faço

Para não ter medo de amar

Sei o que sinto, confio no que me dizes

Mas este medo e mais forte que eu

Mais cruel que o vendaval

Desta vez eu quero ser feliz

Desta vez eu sinto

Um amor explosivo em mim

Não quero ter medo de Amar-te….

Desde que também tu não tenhas medo de me Amar

Juntos nossos corpos se tocam

Se chamam…. Se desejam

Nossos corações sentem

Batimentos acelerados de cada um

Não tenhamos medo deste Amor

Não deixemos que este medo nos condene

Nos faça sofrer

Condenando um Amor a morrer

Não tenhamos medo de Amar
bjos pecadores
De Alzira Macedo a 10 de Novembro de 2009 às 16:54
Olá pecadoespecial…

Antes de tudo deixa-me agradecer-te pela caminhada ate ao meu blog…
Gosto que me visitem quem não gosta não é assim…
Depois gostaria muito que tentasses explicar o que o pecado tem de especial ahahaha
Não vale batota… Quero mesmo saber…

Agora ao conteúdo do teu comentário…
Li e reli e reflecti. Mas antes disso reconheci…
È uma realidade surpreendente esta que aqui descreveste ….
Um lindo poema com medos e receios…
ao mesmo tempo uma enorme vontade de não ter medo…
Mas volta a cruzar-se com ele…
podes me explicar porque existe o medo do amar?
eu tenho a minha tese que vou aqui dizer, depois diz-me se concordas ou não….
Medo de amar não há…
Porque é belo é um sentimento inigualável…
O nosso medo é de amar a pessoa errada…
E porquê a pessoa errada…
Porque infelizmente as pessoas não são verdadeiras, não são honestas, não são justas…
Sabemos que existe menos amor e mais vontade de fazer sexo…
Então o elo mais forte vai dizer tudo o que o elo mais fraco gosta de ouvir…
Eu te amo, não imaginas o quanto me custa passar um dia sem ti…
Sonhei contigo..
Sinto vontade de estar contigo etc.
Todas essas tretas que os românticos adoram ouvir…
E como dizem que o amor não tem olhos não vê…
Então é fácil conquistar essa paixão…
Disse fácil e não justo…
quando consomem essa paixão, o elo mais forte já tendo o que pretendia, não será tão amável, tão atencioso, tão carinhoso…
daí começa o sofrimento, as duvidas…
de amar sem medidas a quem não merece…
porque na relação de amor eu digo sempre que um perde o outro ganha…
Já me diceram o contrario….
Mas essa parte não me convenceu muito…
Um beijo para ti pecadoespecial…
Não tenhas medo de amar e faz com que não tenham medo de te amar a ti….
De pecadoespecial a 14 de Novembro de 2009 às 10:46
É evidente que todos gostamos que nos visitem que nos elogiem...é sempre agradavel essa forma de receber um mimo.
O meu pecado é especial...complicado é explicar por letras talvez a melhor forma descubrires é veres com os teus próprios olhos e analisas se é pecado ou não especial.
O medo de amar é relativo...por vezes podemos amar a pessoa certa,ou não,e se não for,será um medo do amor,da entrega.

E como saber se amamos a pessoa certa?será que conhecemos a pessoa ao fim de tantos anos?complicado saber isso,costumo dizer que o amor é uma lotaria,embora seja ainda muito jovem,vi amigos meus a ser enganados depois de tanta entrega e luta.

O sexo não se pode fazer com uma pessoa amada,uma pessoa que amamos só podemos fazer amor..o que não concordo com a tua tese,o sexo é para as pessoa que vendem seus corpos,e nunca para nossa cara metade correcto?
Se uma mulher for minimamente inteligente não se deixa levar nessa conversa,e consegue ver se existe amor ou não,julgo não ser dificil pelas acções,entrega,dedicação se ama ou não,não são com conversas que possamos ter exito num amor certo?

Não tenho medo de amar...sou muito jovem e ainda tenho tempo de encontrar uma mulher de verdade que possa conseguir levar-me a um amor lindo e sólido.
Bjos bem pecados...bom fim de semana
Pecado
De Alzira Macedo a 14 de Novembro de 2009 às 19:48

Olá pecadoespecial…

Obrigado pela tua resposta…
È através destas partilhas que crescemos e aprendemos…
Por vezes queremos tudo dizer e rápido que não nos explicamos bem, ou não nos entendem bem…
Concordo contigo quando dizes que não se tem sexo com a pessoa que se ama…
Eu quando escrevi essa frase quis dizer, que a pessoa que ama se entrega, e faz amor…
Mas a pessoa que não ama é simplesmente para usar e isso é sexo…
Na realidade não sabemos se amamos a pessoa certa…
Sei que não é com duas tretas que nos deixamos iludir…
Mas também sei, que existem muitos enganadores (as) e tudo fazem para conseguirem o que querem…
Sempre disse que esta vida é uma selva… E é acredita meu amigo
O que nós somos sabemos nós e pensamos que os outros também é assim.
MAS NÂO È…
Já apreciei muita boa gente cair nas armadilhas do dizendo “AMOR” sem ser…
Mas cada qual defende a sua forma de pensar e aceito a tua plenamente, porque a minha é igual…
Apenas tive a infeliz sorte de não me fazer entender bem…
Que sejas muito feliz, gosto da tua forma de escrever poesia continua…
Muitas felicidades
beijo e bom fim-de-semana
De pecadoespecial a 17 de Novembro de 2009 às 11:21
Não tens que agradecer pela resposta dou apenas o meu ponto de vista nada mais...
Obrigado pelo elogio esperando passes no meu blog...
bjos pecadores
De Teu filho Patrick Lusitano Emigrante a 11 de Novembro de 2009 às 10:08
obrigado amei mt da tua poesia k fizestes por mim tenh td a ver mas mxm td orgulhos ter te como mae a k ta a nossa letra k tu gostavas k eu cantava beijos mae orgulhasme queda vez mais pela forca pela mulher pela coragem k levas na vida e a forca k pressisas pra segurar dois filhos a e em portugal e sempre pensares no teu marido alemanha e teu filho k sou eu k tou na franca eu a tua frente e k tiro o CHAPEU orgulhome de ti mae beijos .




Não acredites no que vês
segue o teu caminho como és
a culpa não é tua
lena, lena (a culpa não é tua)
não acredites no que vês
segue o teu caminho como és
a culpa não é tua (a culpa não é tua) a culpa não é tua

Não acredites em tudo o que vês, lena
tu bem tentas mas será que vale a pena
a vida ensinou-te a respeitar as leis da rua
a verdade é nua e crua mas a culpa não é tua
o teu pai nunca foi pai a tua mãe não tá presente
não te deixes enganar porque toda a gente mente
tu sabes bem olhas á volta não vês ninguém
não há amigos nesta vida quem te dá 50 tira 100
quanto mais tentas sair mais aprisionada estás
boa entre pessoas más é tarde pra voltar a trás
acordas a pensar onde foi que erraste
o que fizeste será que tudo não passa dum teste
Lena, Lena
e tudo o que tu qerias era estudar desenhar
não te vão parar enquanto conseguires sonhar
olha pro céu, vê o teu futuro na lua
minha amiga, a culpa não é tua

Lena,
não acredites no que vês
segue o teu caminho como és
a culpa n é tua
lena, lena (a culpa não é tua)
não acredites no que vês
segue o teu caminho como és
a culpa não é tua (a culpa não é tua) a culpa não é tua

Quê te passa Lena?
não te deixes abater mantêm-te serena
tens de encontrar uma saida para o teu dilema
tu iluminas qualquer sala quando entras em cena
desde que és pequena , lena
a unica coisa q o teu pai te deu foi a vida
e derrepente estás num beco sem saída
esqece o teu passado o caminho é em frente
não áh duvidas , tu sempre foste diferente
o mais importante pra ti são os teus papels
tu consegues sempre tudo o qê tu qeres
ás vezes o mais fácil é fugir e não olhar pra trás
mas estudar , e procurar, um pouco de paz
e quando passas pelo Cuerpo de Vigo
lembras-te do teu pai e tudo o qê passô contigo
e nesta puta yoh, no ya amigos
e tentas esqecer todos os peliglos
não vale a pena, a vida é muito pequena
e na rua é a lei do mais forte q reina
fica sabendo, o teu sorriso é a tua riqueza
o meu conselho: divierte-t princesa

não acredites no que vês
segue o teu caminho como és
a culpa n é tua
lena, lena (a culpa não é tua)
não acredites no que vês
segue o teu caminho como és
a culpa não é tua (a culpa não é tua) a culpa não é tua

yoh, aceita-te como és, lena não te escondas
quero perguntar, mas se quiseres não respondas
quantas vezes quiseste chorar, diz-me
quantas vezes quiseste fugir, diz-me, fala
quem te conhece viu-te crescer á beira-mar
tens um sonho que um dia hás-de concretizar
trabalhas pra ti mesma, não dependes de ninguem
não tenhas medo, tudo há-de acabar bem

não acredites no que vês
segue o teu caminho como és
a culpa não é tua
lena, lena (a culpa não é tua)
não acredites no que vês
segue o teu caminho como és
a culpa não é tua (a culpa não é tua) a culpa não é tua
De Alzira Macedo a 11 de Novembro de 2009 às 10:38


Meu filho…
Quantas recordações me trazem esta musica…
Lembra-me bem que me cantavas essa musica, quando eu precisava de um empurrão…
quando eu andava mais triste, quando precisei de ajuda para superar minha doença…
Vós foste a minha maior forçam e continuais a ser a minha maior felicidade e orgulho…
Sei que se a vida me virar as costas, vós estareis sempre perto de mim…
Amo-te filho… Muito…. Muito.. Muito…
Nunca tive medo de mostrar meus sentimentos e vocês me conhecem bem por isso…
Sempre vos disse “dizer sempre o que se sente, “ nunca esconder-se por de trás do que não somos…
Por isso a nossa relação de mãe e filhos é tão saudável…
beijos doces carregados de saudade…

Comentar poste

Visitantes


jeux de casino internet

Sou assim...

Nas asas da imaginação, sentimo-nos que nem borboletas. Voláteis, frágeis e livres Image Host

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

Um despejar...

Triste amanhecer

Quando cai a noite...

Mulher vulcão

"Melhor Presente"

Momento de reflexão

Momentos...

Folhas em branco

Coração bate forte

Imagem que não é a minha....

Uma brisa vinda de longe

Disfarçada em poeta...

Apenas palavras soltas, s...

Um desabafo solitario

Amor Maduro

Tu, eu e a noite

Quando a tristeza nos inv...

Esperanças sofridas

Saudades matam

...

Momento de reflexão

< <

Myspace Photo Cube

Apareça o sol! - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5

mais comentados

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...