Domingo, 15 de Novembro de 2009

Senti, Pensei, Escrevi e partilhei...

 

 

 



Acordei na madrugada…
Tudo voava lá fora, o assobio do vento enfurecido entrava em meus ouvidos como uma alerta.
Pânico, medo, respeito preocupação, senti um aperto em meu coração.
Meus pensamentos voaram!!! 
Estará tudo bem lá por fora?
Pois sabia que meus filhos e eu estávamos protegidos pelas paredes bem seguras da casa…
Mas lá fora, haveria alguém a precisar de ajuda?
Quantos teriam dormido na rua nesta noite, sem abrigo, sem casa, sem família…
O vento continuou cada vez mais forte, misturou-se a chuva…
Como uma guerra de intemporais, onde todos  querem  mostrar sua força, sua raiva, sua presença, impor seu respeito…
Lá nisso tinham conseguido, pois eu não dormia…
Espreitando sempre um sinal de abrandamento…
Queria ir á piscina com os meus filhos pela manha, mas se assim continua-se ninguém me puxaria para fora de casa.
Então, não havendo mais nada a fazer pensei…
Mas porque sou assim?
porque tudo me agarra?
porque me preocupo com tudo e todos?
Ò Meu Deus…
Porque me fizeram tão sensível, com cara e (treta) de uma guerreia, mas tão dócil de coração…
Darei eu importância ou valor demais ás pessoas ás coisas?
Não queria sofrer, como sofro pelos outros..
Quero imigrar…
Quero um novo mundo, onde as pessoas são mais amigas, mais sensíveis, mais amadas, mais acarinhadas…
Onde a diferença não se note…
Onde eu não tenha de esperar por um simples sorriso, por um simples olá, por um simples “Senti saudades tuas”, por uma simples palavra de amor…
Porque perco a vida esperando o que não vem, e se vem é porque o reclamo!!!
Porque terei de ser eu a dar sempre sem dose nem medida?


NÂO…

CHEGA VOU DAR RUMO À VIDA…

Vou viver minha caminhada, pensando em mim, no que gosto de fazer, no que gosto de ser…
Se tiver alguém por companhia é bem-vindo (a)…
Mas eu não irei puxar, terá de vir de livre vontade…
Queres percorrer essas trilhas de vida?


Então põem-te a caminho e VEM…

 

“Um simples pensamento na Madrugada”

Alzira Macedo

 

 

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
sinto-me: nem eu sei... talvez escritora
musica: Papel principal
publicado por Alzira Macedo às 10:13

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
comentarios:
De 100timento a 15 de Novembro de 2009 às 11:11
Queres imigrar?????de novo???

Aqui me perco eu nas tuas palavras e ao som destas melodias muito tuas, deixas mais uma vez neste cantinho o que te vai na Alma e olha tal como ontem não alongo em palavras o que penso...digo tão somente...
Fosse eu santo, amiga,
Fosse eu dono dos milagres
E hoje seria só teu!

Fosse eu anjo, amiga,
Tivesse eu asas brancas
E nas tuas palavras
faria meu poisar.

Não sou santo nem anjo,
Nem milagres me pertence fazer,
Nem asas para te proteger,
Nem por Deus me finjo...

Mas te digo em serena cantiga, amiga
E digo-o de coração aberto, sincero:
O meu estará contigo…sempre!

Beijinho e doce Domingo
De Alzira Macedo a 15 de Novembro de 2009 às 11:47

Bom dia Rui…

Quando escrevi … Quero emigrar…

Quis com isso dizer, para um mundo (não país)
Onde haja mais compreensão, mais carinho, mais afecto, amizade, amor entre as pessoas…
Sei que só existe nos sonhos…. Mas devaneei por eles…
Sinto-me mais leve e mais feliz….
È nos meus blogs que eu me desnudo, neles eu sou eu…
No nosso dia a dia infelizmente temos de ser o que podemos ser…
Alguém uma vez disse…
(Se não podes ser o que desejarias ser, sê com sinceridade o que podes ser…)
“E assim seu eu”

Obrigado por tuas tão doces palavras…
Senti cada uma delas e o sentido delas…
Não vou comentar, pois por vezes o silêncio diz mais do que palavras…
Simplesmente te agradeço do coração gostei…

(Agora vou cozinhar, senão meus filhos desempregam-me ahahahah)
bjs doces
De 100timento a 15 de Novembro de 2009 às 13:13
Por vezes aparecem aqui as minhas paixôes e eu tenho de cozinhar mas como as conheço e sei os seus gostos faço um telefonema e digo Raquel, Débora é da pizzaria o que querem?
Assunto resolvido e mantenho o meu emprego

Beijinhos doces amiga

Comentar poste

Visitantes


jeux de casino internet

Sou assim...

Nas asas da imaginação, sentimo-nos que nem borboletas. Voláteis, frágeis e livres Image Host

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

Um despejar...

Triste amanhecer

Quando cai a noite...

Mulher vulcão

"Melhor Presente"

Momento de reflexão

Momentos...

Folhas em branco

Coração bate forte

Imagem que não é a minha....

Uma brisa vinda de longe

Disfarçada em poeta...

Apenas palavras soltas, s...

Um desabafo solitario

Amor Maduro

Tu, eu e a noite

Quando a tristeza nos inv...

Esperanças sofridas

Saudades matam

...

Momento de reflexão

< <

Myspace Photo Cube

Apareça o sol! - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5

mais comentados

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...