Segunda-feira, 30 de Novembro de 2009

Não vás!!!

 

 

 

Este poste, não é dos mais animadores…·
Mas è um,  dos mais marcantes da minha vida…
Nunca falo dos meus próximos…
Mas hoje não aguentei…

Trata-se da realidade da vida…

Enquanto uns vivem ou deixam-se viver, outros não sabem viver…
outros se agarram ao que podem, que lutam e não conseguem vencer
pois o destino está marcado…
Ai destino, ai destino que és tão cruel…
Tentei passar despercebida, mas para quem lida comigo de perto notaram que não consegui…
Tento sorrir, tento cantar, tento desanuviar…
Mas esta dor no peito permanece…
Porque sou impotente, sou mortal, nada posso fazer por quem eu amo…
Fico com uma raiva medonha,  pela tristeza que me acalenta em cada amanhecer,  em cada minuto em cada pensamento…
fico revoltada com o egoísmo que nos rodeia…
quando vejo uns a lutar para viver,  outros a perderem a vida e tanto querem vencer…
Depois a revolta dos que tudo estragão,  dos que não dão valor,  dos sem amor…
Teria vontade de destruir o mundo e de o reconstruir…
Mas não tenho nem poder nem capacidade…
então resta-me sofrer…
Não queria falar no assunto, mas tenho de desabafar…
Tenho uma pessoa amiga á semanas a lutar num hospital em Paris contra a dor, contra a morte…
Que já sofre á anos, e continua…
Onde vai ela buscar tanta força de sofrimento, onde vai ela buscar tanta garra para não partir…
A família dela está destorcida nada pode fazer, tentam aguentar mas a dor é forte…
Idalina Desculpa, mas não sou tão forte quanto pareço…
Tenho de deixar este meu testemunho,
por vezes espero mais um dia para te telefonar,
Porque penso que virão melhores noticias, Mas não é o que acontece…
Aguenta amiga,  luta… Tens amigos e família até já netinho que te querem tanto…
Eu pessoalmente com as lágrimas nos olhos como no coração te peço aguenta mais um pouco…
Quero voltar a passear contigo á beira mar, quero sentir esse teu sorriso, essa tua alegria de viver…
Aprendi a amar-te como se fosses da minha família até porque és…
Nossa cumplicidade é tanta, nossa partilha é muito mais do que duas amigas…
Olha o que passei  e hoje cá estou!!! 
Tenta só mais um pouco e verás que irás sorrir daqui a uns anos…
Não te deixes abater ainda tens tanto para dar, tens tantos que precisão  de ti…
Eu tua amiga inclusive…

Depois tenho amigos que partem não sabem se regressam ou não…
Duvidas em cima de duvidas…
Meus Deus como é custoso aguentar tudo isto…
Para coroar meu sofrimento…
Uma colega de trabalho com apenas 39 anos partiu…
Deixou marido e dois filhos pequenos…
Quem sofre?
Ela porque partiu sem viver…
Vão contra mim!!!
Vão-me dizer coitado é de quem fica…
Não concordooooooooooo
Porque ela tinha muito para viver, ela tinha o direito de ser feliz…
Ela tinha o direito de envelhecer,  de conhecer genros , noras, netos….
Ela tinha todo o direito…
Todo aquele que te é dado e não aproveitas…
Não consigo fazer nada, não consigo chorar e aliviar…
Não consigo sorrir…
Apenas consegui escrever algo porque me foi pedido e foi lido no funeral…
Não me sinto nem satisfeita nem realizada…
Apenas exausta e com muita mais garra para viver…
Sem trastes, sem arrastos e sem os medíocres que nos envenenam a vida…
Não querem ser dignos, querem desperdiçar a vida….
Então vão para longe e deixem viver quem nos faz falta quem nos amam, quem amamos…
Não os arrastem pela lama não merecem…

 

 

 

Foste e não voltas Olinda

È muito difícil falar sobre a morte…
Então preferimos falar sobre a vida…
Essa vida que de repente,
sem um aviso ficamos sem ela…
È nessas alturas
que paramos e reflectimos…
como vivemos,
o que vivemos,
para quem vivemos
foi o suficiente?
Nunca é…
Aonde antes havia alegria… agora silêncio
Saudade de te ouvir novamente,
do teu sorriso, do teu exagero,
do teu perfume.
Dos teus desesperos e forma de ser
saudade de ti…
 Que fica e vai perdurar
Simplesmente porque tua vida,
foi curta mas intensa
 e deixa o sabor a pouco…
caminhaste forte nas tempestades da vida
Na tua doença,
foste uma guerreira
Esta meta não venceste,
foste vencida...
Mas nunca por nós esquecida
Para alem de nos deixares
deixas, marido, filhos
os sofredores…
Mas os que partilham
de ti, os melhores valores
ficarás na memoria...
De quem te amou, ama e amará
para a eternidade.
Descansa em paz,
encontra o caminho da luz
na presença de Deus nosso pai e Jesus
tua ausência, fica para nós a historia
que enche a alma dos que choram
são sonhos,  vidas  e recordações
que ardem de dor,  da tua lembrança
Destino teu,
que foi tratado ao teu nascer
que as estrelas iluminaram em cada noite
e o sol aqueceu em cada amanhecer
Mais amiga não conseguimos dizer
saudades tuas iremos ter…


Tuas colegas de trabalho

 

 

 

Alzira Macedo

 

 

 

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
sinto-me: triste com a humanidade
musica: Quem perdeu...
publicado por Alzira Macedo às 23:31

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
comentarios:
De maripossa a 1 de Dezembro de 2009 às 01:08
Querida Alzira. O meu lamento pela perda da tua amiga, tão jovem e tanto para viver, mas o mas que fica sempre. O que a vida é, hoje tudo feliz e amanhã tudo pode desaparecer assim foi pelo que li. O poema para ele, está cheio de carinho e sentimento, que onde ela esteja o vai lembrar sempre, da amiga que não a esqueceu.
Beijinho de amizade e meu consolo de alma.
Lisa
De Alzira Macedo a 1 de Dezembro de 2009 às 10:28

Obrigada minha amiga Lisa...
È muito doloroso hoje estar aqui a falar, a rir, a partilhar, a amar...
Porque amamos os nossos amigos...
e depois...
Amanha...
Nada disso acontece, a saudade junta-se a ti...
Esse vazio que doi na alma, que ninguem pode ocupar
Depois por portas e traveressas sabes de que outros minam as vidas das pessoas as fazem sofrer, as chantagiam e passam por vitimas que a revolta não pode ser contida...
Porque tem de ser sempre os bons a partir deixando a podridão na nossa sociedade...
Não desejo e nunca desejei a morte a ninguem...
Mas custa tanto amiga viver neste mundo incompreendido, cada vez mais violento...
Desculpa o desabafo...
E obrigadapelo teu carinho e conforto...
beijo e bom feriado
De maripossa a 1 de Dezembro de 2009 às 13:50
Querida amiga! Tudo que dizes é verdade, a sociedade que hoje habitamos é mesmo o que dizes"podridão" a fazer mal a todos, por vezes fico a pensar, como se pode viver assim de aparências, até fico sempre a olhar para a minha sombra, e pensar o porquê, não foi assim criada, tive valores da família, e tentei os dar aos filhos e estou muito feliz, por ver os meus filhos realizados. E nunca passar por cima de ninguém. Fizeste bem em falar, porque estou de pleno acordo.
Beijinho e um bom dia. Lisa
De Alzira Macedo a 1 de Dezembro de 2009 às 14:54

Amiga Lisa...
Não imaginas a alegria que acabas-te de me dar....
Fico feliz sabendo que ainda existem pessoas com valores....
Por vezes penso que não pertenco a este mundo...
Meus familiares e amigos que me conhecem me dizem que sou uma sonhadora, que vivo numa vida que não é a realidade...
Por vezes me pergunto e lhes pergunto porquê?
Porque vivo na carencia de um mundo melhor...
Nunca desistirei de ser como sou... Nunca mudarei somente porque sou das poucas que acredita que podemos mudar se assim bem entendemos...
Amo a vida, quero viver plenamente sem sacrificar seja quem for...
O meu apelo é somente aos coraçoes dos bons que tambem sentem o mesmo... Vamos nos unir vamos dar a saber ao mundo de que existe o amanha mais sereno mais calmo mais animador...
Senão qual seria nossa missão nesta terra?
Deixar-nos viver porque os outros vivem....
Nao, não e mais uma vez não...
Devemos viver dignamente com os nossos posses, mas amaveis sorridentes....
Beijo amiga e obrigada por esta alegria...
De MIGUXA a 1 de Dezembro de 2009 às 12:01
Alzira,

Amiga,

perder alguém de quem se gosta é sempre muito doloroso e quando tudo se nos afigura como uma profunda injustiça, mais dói. Não tenho palavras para te consolar, só a minha amizade... e,tenta recordar os bons momentos que viveram em conjunto, ela vai gostar esteja onde estiver...

Beijos ternos
Margarida
De Alzira Macedo a 1 de Dezembro de 2009 às 12:13
Olá Miguxa....

Obrigada pelo teu apreço, pelo teu carinho e amizade...
Já aconteceu há um tempinho, mas só pode falar agora no assunto...
Até para entenderem o porquê de eu ser como sou...
De amar tanto o proximo como a mim propria...
Pois neles vejo a minha vida...
Não sou diferente de ninguem, tenho meus defeitos e virtudes...
Mas apelo sempre ao amor ao bom senso até porque nada somos nesta vida...
Estamos de passagem, não sabemos o tempo que ficamos...
ENTÃO PORQUE NÃO DESFRUTAR DE NONS MOMENTOS RODEADOS DE BOA COMPANHIA...
Meu Deus como tudo isto é facil...
Mas ainda tão pouca gente percebeu isso...
Beijos doces amiga e até breve...
Bom feriado
De 100timento a 1 de Dezembro de 2009 às 17:54
Permitam que vos apresente a dor
Que assola as entranhas sem
Dó nem piedade.
É faca afiada que corta,
Que abre ferida sem fundo
Onde no fundo não se deseja…
Nada a detém, dura carrasca que
Massacra com desdém, não poupando nada nem ninguém…
Alzira...de todas as palavras que tenho para te dizer a mais suave seria acutilante como uma adaga... pelo que... NADA digo!
Coragem...
De Alzira Macedo a 2 de Dezembro de 2009 às 09:31
Obrigado 100timento...

Pela tua presença, pelo teu nao e tudo dito...
Entendi perfeitamente o que me quizestes transmitir...
Agradeço a tua demonstração de amizade...
E o conforto das tuas palavras....
beijo e até sempre
De Theka a 1 de Dezembro de 2009 às 18:53
Amiga, receba meu apoio e energia nesse momento.
Vc sempre me surpreender como encara tudo na vida.... eu amo a nossa amizade e peço que Deus sempre te guarde de todo mal.
Beijos no coração e força sempre.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<img src="http://blogs.sapo.pt/images/mood/EMOTICON_ORANGEFLOWER.png">Amiga, receba meu apoio e energia nesse momento. <BR>Vc sempre me surpreender como encara tudo na vida.... eu amo a nossa amizade e peço que Deus sempre te guarde de todo mal. <BR>Beijos no coração e força sempre. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Theka</A> .
De Alzira Macedo a 2 de Dezembro de 2009 às 09:34
Theka querida...
Consegues estar sempre presente quando de ti preciso...
Ao escrever este poste, pensei muito em ti amiga...
Lembras quando escrevemos sobre o teu avô...
Foi esse sentimento que senti...
Estás tão longe de mim.. o oceano nos separa, mas a grandeza desta amizade ultrapassa tudo...
Te amo amiga....
Obrigada por pertenceres em minha vida...
Beijos doces e até um dia destes um pouco mais animador....
De rodrigues a 1 de Dezembro de 2009 às 21:24
amiga alzira junto_me a sua dor perder alguen que amamos é muito duro mas mas infelismente nada podemos fazer senao consservar a amizade que partillavao juntas é a mellor maneira para continuar a viver esta vida muitas vezes uma vida sen sentido algo muitas vezes disemos o meu deus o que viemos fazer para este mundo de sofrenssas mas temos de ter muita força um abraço de coragem
De Alzira Macedo a 2 de Dezembro de 2009 às 09:41
Amigo Rodrigues....

Este seu comentario, me marcou muito...
Depois de ter a esposa (Idalina a lutar pela vida numa cama de hospital...
Consegue encontrar palavras de conforto para a minha pessoa....
Neste momento poderia gritar ao mundo...
Que este é o verdadeiro sentimento de amizade puro e verdadeiro...
Obrigado por tal emoção que não consigo conter as lagrimas...
Diga á Idalina, que não sabe o dia que virá passear comigo á beira mar, mas que eu tenho certeza e fá que irá acontecer...
Eu espero o tempo necessario, quero que ela lute que ela se agarre á vida, o resto com ajuda de todos se irá conseguir....
Um beijo com muito carinho e amizade aos dois....
Neste momento me lembro da surpresa que me fizeram... (Quando apenas nos conheciamos por mails... E fui convidada á radio em ourem, onde voÇês viajaram de preposito "A Idalina já tão doente" Mas fizeram questão em me conhecerem pessoalmente e na radio live para o mundo) Jamais poderei esquecer que até me senti mal com tanta emoção...
são estas as partilhas que eu quero mostrar ao mundo o como é bom e é saudavel uma amizade verdadeira....
BEIJOSSSSSSSSSS
De Sonhosolitario a 2 de Dezembro de 2009 às 02:40
Olá amiga Alzira Macedo
Bom dia
No silêncio da noite quero que tu amiga
Sintas estas minhas palavras de sentimento e paixão
Sim porque mesmo essa senhora tua amiga,
Ficou a fazer parte dos meus sentimentos
Porque quando um (A) sente todos nós sentimos
E no sentir, tentaremos aliviar esse sofrimento
Por palavras nunca encontradas, por essas jamais foram feitas
Entre a dor e a saudade há muito incomum de uma vida desfeita
Do valor da vida, que tudo daríamos para ver os nossos sentimentos
Seguirem em frente com alegria e paz, e com muito amor!
Como é doloroso descrever tal sofrimento, como é difícil
Encontrar a palavras certas para amortizar essa dor
Não doce amiga não tenho palavras,
E a única que encontrei é e será
Estou solidário contigo nessa dor errante,
Que nos faz pensar, e tentar ver o mundo dentro de certos
Paranhos e viver ou tentar viver, e amortizar essa dor…
Doce beijinho
sonhosolitario
De Alzira Macedo a 2 de Dezembro de 2009 às 09:29
Obrigado Sonhosolitario...

Pelas palavras de conforto...
Pelo apreço aqui deixado...
Agradeço do coração a preocupação o sentimento e a tua presença...
Um beijo e até sempre...
De THEKA a 3 de Dezembro de 2009 às 13:25
Minha querida,
Fico feliz por constatar a nossa sintonia, mesmo que em momentos nada agradáveis.
Mas a vida nos ensina que é exatamente nessa hora em que o verdadeiros amigos aparecem. Afinal, para rir e comemorar nós encontramos muitos, milhões, zilhões...rs... mas na hora da dor é que os corações se comunicam de verdade e nem todos que comemoram com a gente, também choram conosco.
Estarei sempre aqui ao seu lado ( mesmo que do OUTRO lado do oceano ).
E obrigada por tudo, minha amiga.
Theka.

Comentar poste

Visitantes


jeux de casino internet

Sou assim...

Nas asas da imaginação, sentimo-nos que nem borboletas. Voláteis, frágeis e livres Image Host

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

Um despejar...

Triste amanhecer

Quando cai a noite...

Mulher vulcão

"Melhor Presente"

Momento de reflexão

Momentos...

Folhas em branco

Coração bate forte

Imagem que não é a minha....

Uma brisa vinda de longe

Disfarçada em poeta...

Apenas palavras soltas, s...

Um desabafo solitario

Amor Maduro

Tu, eu e a noite

Quando a tristeza nos inv...

Esperanças sofridas

Saudades matam

...

Momento de reflexão

< <

Myspace Photo Cube

Apareça o sol! - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5

mais comentados

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...