Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2010

Uma entre tantas...

 

 

Devaneios na noite só e fria

Quando me deito,
 em nada quero pensar
vens tu, bater á minha porta….
Sonolenta,
sinto que nem nos sonhos,
te quero recordar…
Vens de mansinho, depois de teres partido
me deixando a sofrer
uma paixão sem cura
por causa dela, foste sem um adeus
agora já não te sinto
já não me mereces
sinto o meu coração abandonado
por ti despedaçado
não deixo que lá entrem
foste minha loucura
minha miragem
minha sepultura
como um sonho eu revivo
o dia em que me entreguei
aos prazeres dessa loucura
sentimento de solidão senti
porque já não eras meu
eras pássaro volátil
voas-te sem jamais, aparecer
tuas doces carícias me deixaste em recordação,
tiveste o dom de me deixar sem fôlego no coração
mas que adiantou…
 Se ela foi a vencedora e não eu
não voltes aos meus sonhos…
não quero mais sofrer pela manhã
acordar sozinha, no frio do abandono
no desencontro da nossa recordação
que nunca foi amor, nem paixão
uma mera ilusão…
Uma mera fantasia
de mais uma noite só e fria

 

 

 

 

Alzira Macedo 

 

 

 

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
sinto-me: Devaneando...
musica: Carrusso
publicado por Alzira Macedo às 13:04

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
comentarios:
De Rosinda a 6 de Janeiro de 2010 às 16:41
MUITO BONITO...
QUEM PODERÁ IMPEDIR O SONHO?
BEIJINHO
De Alzira Macedo a 7 de Janeiro de 2010 às 23:24
Onix querida amiga...
à pouco tempo nos comunicamos, mas já és uma presença que adoro ...
Na realidade o sonho ninguem pode impedir..
Seja no bom como no mau sentido...
Mas é sonho ou realidades nossas escondidas qui-ça???
Estou quase a finalizar tudo quanto tinha em atrazo... Responder a todos vossos carinhos...
Depois me vou tornar passaro volatil e visitar quem tanto me tem acarinhado...
um beijo nesse doce coração...
De TiBéu ( Isa) a 6 de Janeiro de 2010 às 23:51
Gostei muito deste teu post Alzira. Espero que estejas bem, não temos falado e tenho saudades. bj
De Alzira Macedo a 7 de Janeiro de 2010 às 23:19
Oi querida Tibeu...
Estou bem amiga...
sempre muito atarefada já me conheces...
mas nestes tempos de festas então não tinha maos a medir...
Sabes que meu emprego me ocupa muito tempo... (Principalmente nestes dias de natal e Ano novo)
Agora tou doentinha e teve mesmo de parar o trabalho...
Por isso decidi vi por toda a escrita em dia...
Depois ainda me falta as passagens nos blogs amigos....
Ena tanta coisa ainda por fazer e minha baixa está a terminar...
hummmm pensando bem preciso de mais uma semana ahahaha
Amiga tambem sinto muitas saudades tuas...
Mas haveremos de encontrar um tempo para falarmos.... Pois preso muito as nossas conversas...
Uma beijoca muito doce para ti minha amiga....
De eternoerrante a 7 de Janeiro de 2010 às 12:00
Alzira a tua história são mil folhas coloridas
de um preto e branco ao romper de cada dia,
são horas maltratadas na melancolia
de um inverno passando triste.

Há lágrimas nos teus olhos em silêncio despidas
por amores que a tua alma tão fortes sentia
nos abraços que afinal, fingidos, perdias...
quantas lágrimas em ti sem nome estão caídas!

Estranha forma de amar esta tua alma tem
esses olhos, os corpos, saudades de ninguém,
os rostos dos espelhos do teu coração.

Espero ser apanas um pesadelo e ao acordares possas afinal sorrir...
Beijinhos Amiga
De Alzira Macedo a 7 de Janeiro de 2010 às 23:41

Oi eternoerrante…

descobri que ser errante não é errar…
Mas sim nunca assentar…
nunca ter lugar certo
pois isso dá que pensar…

Mas vamos deixar isso para depois…
Neste momento vou tentar responder ao que de ti recebi…

Minha historia é realmente o preto no branco
de folhas “Vida” colorida de muitas cores…
cada dia é uma Historia, cada momento uma cor
cada sentimento um passado ou um presente…

Há lágrimas em meus olhos que nem sempre são despidas…
pois a felicidade também nos faz chorar
minha alma sente bem forte, bem presente…
nem sempre posso consentir, nem sempre posso aceitar
mas sempre posso viver, amar sonhar até mesmo chorar.

Existe em mim muito sentimento sem nome,
apenas o sentido está presente…

Verdade que sou complexa quem não o é…
Meus olhos enxergam o que não quero ver, o que não quero sentir...
Mas teimam em me mostrar o que vivo, o que sinto...
Não queiras ser meu pesadelo…
Porque eu não o quero…
E quando não quero ninguém me pode impedir…
assim sou eu…
Sou e serei…
convicta do que quero, do que sinto e do que vivo…
bjs para ti amigo....

Comentar poste

Visitantes


jeux de casino internet

Sou assim...

Nas asas da imaginação, sentimo-nos que nem borboletas. Voláteis, frágeis e livres Image Host

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

Um despejar...

Triste amanhecer

Quando cai a noite...

Mulher vulcão

"Melhor Presente"

Momento de reflexão

Momentos...

Folhas em branco

Coração bate forte

Imagem que não é a minha....

Uma brisa vinda de longe

Disfarçada em poeta...

Apenas palavras soltas, s...

Um desabafo solitario

Amor Maduro

Tu, eu e a noite

Quando a tristeza nos inv...

Esperanças sofridas

Saudades matam

...

Momento de reflexão

< <

Myspace Photo Cube

Apareça o sol! - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5

mais comentados

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...