Terça-feira, 12 de Janeiro de 2010

Descobre o sentido da vida...

 

 

 

 

A vida…

 

Descobre que a vida…
 È contada em minutos…
Temos pouco tempo para tudo construir!
E desta vida usufruir.
Por isso constrói,
 algo de novo em cada dia…
Dividindo o teu tempo com sabedoria.
Não te esqueças do próximo,
lida sempre com a verdade…
Facilmente encontrarás
 o caminho da felicidade.
Almas cansadas…
 No teu caminho, te irão perturbar,
A ti…
 De ser forte e não desanimar.
Lembra-te
 Que o tempo não para,
 e da tua vida está a descontar.
Não percas tempo desnecessário a pensar,
O que foi ontem, já passou…
olha e sorri para o amanha.
Despede-te das ilusões,
fracassos e decepções,
Constrói uma ponte,
 onde passas os laços de afecção.
Que sejas motivo de inspiração,
Para ti…
E os teus que não encontram solução.
Que sejas soberano por guiar os navegantes,
Mesmo que se tratem de ignorantes.
Lembra-te
que a vida passando por ti,
 nunca voltará a ser como era antes.

 

 

Alzira Macedo

 

 

 

 

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
sinto-me: vivida
musica: Quando voçe vem me abraçar
publicado por Alzira Macedo às 23:15

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
comentarios:
De Sindarin a 13 de Janeiro de 2010 às 16:31
Minha querida amiga venho deixar-te um enorme abraço e um imenso beijo neste dia de chuva e vento em que a amizade aquece o nosso coração e nos faz ter mais esperança em dias de sol. Um grande beijinho.
De Alzira Macedo a 14 de Janeiro de 2010 às 00:19

Sindarin
Adorei a tua passagem por estes lados...
Sem temeres a chuva e o vento...
Quem tem amigos como tu nada teme, nada pode temer...
Um beijo para ti e o desejo de um belo amanhecer...
Brigada pela tua amizade
De eternoerrante a 13 de Janeiro de 2010 às 19:14

Amiga Zira...Ecos me chegam de longe, trazem teus recados, levam meus segredos, no sossego desta noite.
Mesmo em silêncio pressinto-te nas entrelinhas do que leio e/ou escrevo.
Também no silêncio!
Sabes que estou aqui...

Palavras senpre bonitas, onde as verdades não pesam porque nas palavras que escreves, sentes a presença, voz de longe, na quase magia da noite!

(Na noite, o céu é infinito, é onde quase ousamos chegar!)

Um beijo do amigo rui
De Alzira Macedo a 14 de Janeiro de 2010 às 00:27
Rui, meu amigo

Meu fiel companheiro destas trocas de letras…
de ecos lindos…
Que levam que trazem o quanto a partilha pode ser agradável…
Como por magia poucas palavras são necessárias, para esboçar um sorriso no rosto…
Para fazer de nós simples mortais mais felizes, mais realizados…
E muito mais acompanhados…
De longe esses ecos conseguem aconchegar o coração dos amantes das letras…
Quanto mais escrevo, mais vontade tenho em escrever…
Mas hoje paro por aqui, senão amanha nada mais terei para dizer…
Acreditas?
Eu também não ahahahah
beijos
De eternoerrante a 14 de Janeiro de 2010 às 11:46
não acredito não...beijoca do rui
De Rosinda a 13 de Janeiro de 2010 às 19:35
Temos de viver cada dia com sabedoria...
nunca saberemos se é o último.
Beijinhos
De Alzira Macedo a 14 de Janeiro de 2010 às 00:29
Onix...

Aqui tens uma grande verdade amiga...
Viver agora...
O amanha é incerto...
Por isso não quiz deixar de te dizer hoje o quanto aprecio as tuas visitas...
beijos e até sempre...
De rodrigues a 13 de Janeiro de 2010 às 20:33
olá amiga Alzira venho só apenas dizer que sigo sempre o que você escreve e leio com muito gosto apesar de não comentar estou atento pois continuamos esquecendo o passado olhando sempre para o futuro beijinhos de mim e da Idalina
De Alzira Macedo a 14 de Janeiro de 2010 às 00:32
Olá amigos...

Que bom vos ter sempre pertinho de mim...
A distancia que existe entre nós em geografia não se nota nada mesmo...
Sei que me seguem de perto e fico feliz por isso...
Um bom ano 2010 com muita saude é o que desejo do coração...
Beijoca grande para voçes que tanto amo...
Um grande grande á Idalina estou muito orgulhosa dela...
Agora só precisa recuperar, pois eu nao me esqueci de que ainda temos um passeio a dar á beira mar....
beijosssssssssssss

Comentar poste

Visitantes


jeux de casino internet

Sou assim...

Nas asas da imaginação, sentimo-nos que nem borboletas. Voláteis, frágeis e livres Image Host

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

Um despejar...

Triste amanhecer

Quando cai a noite...

Mulher vulcão

"Melhor Presente"

Momento de reflexão

Momentos...

Folhas em branco

Coração bate forte

Imagem que não é a minha....

Uma brisa vinda de longe

Disfarçada em poeta...

Apenas palavras soltas, s...

Um desabafo solitario

Amor Maduro

Tu, eu e a noite

Quando a tristeza nos inv...

Esperanças sofridas

Saudades matam

...

Momento de reflexão

< <

Myspace Photo Cube

Apareça o sol! - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5

mais comentados

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...