Quarta-feira, 7 de Julho de 2010

De partida novamente...

 

 

 

 

Mais uma vez digo Adeus…

Este meu poste é dirigido a quem me lê e aquém se deve admirar pela minha ausência prolongada…
Depois de muito tempo de reflexão, tomei uma decisão…

Vou partir…

Dizer novamente adeus ao torrão que me viu nascer, e nunca crescer…
Depois de uma longa estadia na emigração decidi voltar, pela saudade contida em mim..
Em minha alma…
Então regressei a Portugal cheia de alegria e ambição…

Ao fim de 4 anos de estadia em Portugal, decido de livre vontade emigrar novamente…

Levo muito comigo, tanto negativo como positivo.
Mas o negativo supera, então decidi mesmo, vou partir para outro rumo…

Onde a vida económica está melhor, onde a cultura geral acima está, onde me oferecem melhores condições de vida…
O idioma não é problema, domino bem…
sinceramente deixo aqui um grande pedaço de mim…
Meu coração está dividido, minha razão me diz que é a melhor opção…

Hoje ao escrever sinto-me como “Linda de Suza” duas malas de cartão numa terra distante…

E parto para uma vida nova….

Irei continuar com meus blogues,  até porque não serei eu sem eles…
Demorarei um tempo até postar novamente, porque tenho muito que preparar…
Minha partida está marcada para dia 15 de Agosto…
Altura em que os emigrantes regressam á sua terra, eu parto…

Não pensem que se vão livrar de mim, apenas vos peço um tempo para nova adaptação…
Agora bloqueei, não queria me emocionar ao escrever este poste e logo fico cega com lágrimas nos olhos…

Verdade que me custa partir, até porque lutei tanto pela minha integração, pelo posto que ocupo profissionalmente e tanto mais…
Minha decisão foi tomada tempo após tempo..
Não foi precipitada até porque não queria mais emigrar…
Hoje sinto que não vou emigrar, mas sim viajar…
Ocupar outro tempo, outro espaço, outras condições e um dia voltarei para gozar ferias…
Até porque o nosso país se tornou mais uma colónia de ferias para quem tem posses,  do que o nosso país onde possamos viver dignamente…
Me desculpem a ousadia mas é assim que penso…

È evidente que parto revoltada…
Mas são assuntos políticos que nunca poderei aceitar, nem discutir…

“Como diz o ditado quem se sente a mais que saia e é o que vou fazer”

Uma beijoca para vós e ficaremos sempre em contacto…

Quem sabe será quando estarei de ferias que alguns de nós se encontrarão para um café uma boas risotas e um até sempre…

 

 

 

O outro lado da ilusão

 

Um dia regressei
cheia de esperanças
Um coração repleto de saudades retidas
tantas lágrimas reprimidas
quanta dor se alojou em meu peito
o tempo que a emigração durou
cheguei feliz e sorridente
com vontade de abraçar
quem  tinha deixado
sem os ter encontrado
parto de novo
O que mudou
quem se distanciou
ou vivi em sonhos
construindo ilusões
vou partir
deixando um olhar triste para trás
carrego sabedoria e aprendizagem comigo
Levo o coração cheio de tanto que conheci
tanto que aprendi
Mas vazio pelo que não conquistei
e que tanto sonhei
talvez fosse a hora errada
vou partir de novo
para novamente conquistar
o que tanto almejo
o meu bem-estar
será teu também
se um dia regressar
sorridente para ficar
Alzira Macedo
http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
sinto-me: de partida...
musica: uma mala de cartão...
publicado por Alzira Macedo às 20:29

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
comentarios:
De Rosinda a 7 de Julho de 2010 às 21:10
Alzira, chorei ao ler o teu post. Eu tenho os dois filhos mais velhos emigrados em França (Paris) há quase 20 anos. E o meu ex. também emigrou para a Alemanha quando ainda eramos um casal.É como se o meu coração andasse espalhado pelo mundo...
Não sei que te dizer, Em Portugal está mau, mas nos outros Países também.
Mas se vais à procura do teu sonho, que Deus te ajude e que corra tudo bem!
Fico à espera de notícias, que espero vás dando quando estiveres instalada.
Um beijo enorme e BOA SORTE!
De Alzira Macedo a 7 de Julho de 2010 às 22:12
Amiga Rosinda....

Obrigada pelas tuas palavras...
Sei o que passas e o que sentes...
Enquanto emigrante que fui, senti sempre a falta do meu país, da minha familia, dos amigos...
Regressei porque senti a necessidade de vir ao encontro dos sonhos de criança que um dia aqui deixei e tive de partir...
Depois de aqui chegar, nada era igual tudo quanto imaginei se tinha dessipado...
Lutei para me sentir bem aqui, infelizmente não consegui...
Já que tinha vivido tanto tempo fora e acumulei saudades sem fim...
Hoje vou novamente até porque vivi o que tinha a viver...
Reconheci que não tenho aqiui lugar...
Foi opção minha partir, não deixo no entanto de dizer que aprendi muito no tempo que aqui vivi...
Mas sinto-me como dizes meu coração pertence ao mundo, minha familia está espalhada...
Decidi tentar juntar os meus pedaços de alma que são meus filhos e regressar ao país que não queria ir enquanto criaça...
Vou para França onde vive o meu filho mais velho....
Não estarei muito longe apenas 1000 km nos separam... virei muitas vezes cá até porque gosto do meu país infelizmente neste momento está a travessar uma das suas maiores crises economica...
Ainda sou nova, ainda posso conquistar melhor situação de vida...
Assim não me sentirei só ao menos estarei perto dos meus filhos...
Um beijo para ti amiga com muito carinho e amizade...
Acredita que esta partida para alem de ser opção minha tambem me custa partir e deixar um olhar triste para trás...
Mas já alguem assim dizia " Vale sempre a pena quando a alma não é pequena..."
Vou mas deixo algo meu cá e levo muito vosso para lá...
E de lá continuaremos esta nossa amizade pela escrita e pelos desabafos partilhados...
Beijos doces e até sempre....
De green.eyes a 8 de Julho de 2010 às 09:27
Emocionei-me ao ler o seu post ... mas não podemos deixar de lutar por aquilo que pensamos ser melhor para nós, mesmo quando isso nos obriga a fazer certos sacrificios.

Aqui ou em qualquer lugar do mundo desejo-lhe as maiores felicidades. Espero que tudo corra bem, e que não deixe nunca de postar. Gosto de passar por aqui e ler o que escreve, embora muitas vezes não a comente ...

Beijinhos
De Alzira Macedo a 8 de Julho de 2010 às 23:08
Olá amiga...
Tambem me comovi muito ao escrever este poste.. pensei que seria facil para mim até porque cheguei ao ppnto de decisão sozinha...
Mas a realidade é esta mesmo nua e crua...
Deixar, partir e recomeçar...
Onde temos esperanças, onde nos acolhem com melhores condiçoes de vida...
Sentirei falta de tantas coisas, mas irei recompensar na minhja escrita e nas minhas viajens que tanto adoro...
Voltarei a ser eu dinamica sorridente e filha do mundo...
Aqui voltarei sempre até porque é apenas a distancia de um clik...
Logo que esteja instalada voltarei a escrever e a dar noticias...
Depois... Voltarei a portugal sempre que possa até porque amo o meu paìs...
Um beijo e obrigada pelo sempre carinho e afecto...
Nunca serás esquecida isso te prometo eu....
beijos
De MIGUXA a 8 de Julho de 2010 às 21:19
Alzira,

Tenho-te visitado regularmente, amiga mas, a tua ausência já me tinha deixado perplexa apesar de saber que andas sempre muito atarefada.

Esta notícia deixou-me comovida...tenho vários amigos que tal como tu, tiveram de sair do país uma vez mais para se afastarem do caos em que vivemos, ou sobrevivemos...

Espero que tudo te corra como desejas e possas regressar para as tuas merecidas férias...

Não te vou esquecer, ficas no meu coração.

Até já Amiga
Margarida
De Alzira Macedo a 8 de Julho de 2010 às 23:19
Miguxa querida amiga...
Comovida e diria mesmo abatida ando eu ultimamente..., vou partir por opção minha, para melhor usufruir da vida.. Trabalhar como sempre trabalhei mas ser merecedora de direitos que aqui não se obtem...
Eu parto porque assim o quero...Mas infelizmente vivo outra realidade acabei de ver partir minha afilhada para sempre num acidente de viação com apenas 20 anos...
Onde está o direito adquirido, onde está a felicidade?
Nos momentos que vivemos, no tempo que nos deixam..
Então optei em juntar minha familia viver, sorrir, divertir hoje porque amanha já é tarde...
Por vezes aprendemos a viver nos momentos mais tristes e obscuros da nossa vida...
Obrigada pelo teu carinho, a vida tem sido madrasta nestes ultimos veses, mas tambem tem sido minha professora de filosofia de vida....
Nunca deixarei de dar noticias estarei sempre presente em meus blogues logo que possa como é evidente...
Tambem nunca esquecerei os momentos de gloria partilhados tanto nos vossos como em meu blogue...
Não é um Adeus...
È um até breve apenas noutro pais...
Desejo-te sinceramente muitas felicidades porque tens sido das amigas mais exemplares mesmo não nos conhecendo...
Um beijo de gratidão em teu coração...
De retornodemim a 11 de Julho de 2010 às 06:43
Boa sorte Alzira...sei o que passas...que os teus sonhos se realizem.
Beijinho do Rui
De Alzira Macedo a 13 de Julho de 2010 às 09:24
Olá Rui...

Obrigado....
Desejo que te tenhas instalado e que esteja tudo a correr pelo melhor para ti...
Boa sorte...
Foi com o intuito de ser feliz e de alcançar meus objetivos que tomei a decisão de partir...
Pior do que viver cá não será e quando tiver saudades que sei que as terei...
Virei cá isso já me prometi a mim mesma...
Beijo e até um dia destes tlv....
De rodrigues a 11 de Julho de 2010 às 09:33
amiga Alzira ficamos muito tristes ao ler as suas palavras não vou ser maçador só apenas digolle que vamos para Portugal na próxima quinta feira dia 15 pois teremos talvez ocasião de nos encontrarmos ou em Fátima ou laons ganhe coragem para enfrentar a vida como ela vem partilhamos a sua dor um grande beijo de mim e da Idalina e ate breve
De Alzira Macedo a 13 de Julho de 2010 às 09:30
Amigos...
Sabem que nunca são maçadores...
Tenham boa viagem e quando cá estiverem liguem nessa altura estarei de ferias, meu filho tb estará cá e quem sabe podemos viajar até fatima senao vem voçes cá... Alias está prometido um passeio á beira mar com a Idalina....
Sim optei partir, meu filho ajudou-me mt na minha decisão...
Siz que estarei melhor lá do que aqui... num sentido tem razão a vida aqui está muito dificil economicamente...
Depois tenho meu filho que quer seguir estudos com o meu ordenado dificilmente poderei lhe dar a formação que merece...
À poucas semanas andei a trabalhar com uma mao em gesso para nao perder de o ganhar o que é desumano... O seguro só paga daqui a 2 ou 3 meses... Enfim coisas complicadas que me levaram a partir novamente....
Vou juntar a familia e não estarei muito longe daqui... 1000km fazem-se bem...
beijo e até breve
De blogando-me1 a 11 de Julho de 2010 às 22:31
Venho de férias, com vontade de ir aí abaixo no próximo fim de semana para um cafézinho e deparo-me com este post. Fiquei triste, mas temos que ser nós a lutar pelos nossos objectivos. O meu marido também esta emigradoe no principio foi muito dificil. Agora já me habituei e já falta pouco tempo para ele vir de ferias. Desejo tudo do melhor e que alcance os seus objectivos.

Bjs fofos
De Alzira Macedo a 13 de Julho de 2010 às 09:36
oi amiga...

Bora lá descer para tomar o café...
cá te espero e acredfita que a Povoa é lindissima esta costa é encantadora...
Ainda não fui embora e já tenho saudades dos meus passeios á beira mar...
Eu não me ambientei aqui, até porque já tenho 37 anos de emigração depois tudo é diferente...
Não consigo viver cá sinto-me muito só.. vou para juntar a familia para voltar a dançar a sorrir a viajar e a publicar o meu livro que é o que mais anseio....
Tenho tanto pafrra conquistar que tenho de tomar decisoes...
Depois com minha idade é dificil fazer novos amigos. Digo amigos onde se possam confiar desabafar sair tomar café os amigos que nos tornam a vida mais simples....
E não conhecidos que após algumas conversas só tem o tema cama na boca....
Bem quando tiveres vontade já sabes que podes contar comigo tenho um café mesmo á beira mar que é um espectaculo com musica ambiente e explanada com o mar á tua frente....
Adoro lá ir é já em vila do conde perto do castelo....
beijocas e fico á espera
De retalhos_de_vida a 12 de Julho de 2010 às 00:00
Amiga Alzira; é com bastanta emoção e supresa por tudo que venho de encontrar no seu blog.Após este mês auzente de Portugal.Cara amiga nós trazemos sempre na nossa alma lusitana um um pouco de Vasco da Gama, será o mar que nos leva a partir? outros caminhos seguir. Sinto-muito feliz por si por esses lindos botões do seu jardim que nos faz descubrir. A grande razão da luta de cada dia .Seja feliz porque o merece !.. Cá ficaremos a espera de as seguintes páginas do romance do percurso de vida sem esquecer que vai voltar ao país da sua infãncia. Felicidades até breve nunca desista um beijo virtual
De Alzira Macedo a 13 de Julho de 2010 às 09:42
Olá Maria Helena...

Já regressou de ferias...
Como foi por lá esteve na radio? falou com o Rogerio e com a Ana-bela temos mesmo de conversar amiga...
È verdade vou voltar a viver em França ainda é cedo para mim viver em Portugal...
Aqui só consegue sobreviver quem de cá nunca saiu ou quem regressa na reforma...
Para alimentar nossos ideais de vida temos de partir e voltar a lutar....
Sabe amiga eu acho que erdei uma costela de Vasco da Gama tenho de andar de buscar de descobrir novos horizontes...
Tenho dificuldades em ficar sentada num sitio que não é meu que não me faz feliz entao pego nas minhas coisinhas e lá vou eu....
Ficaremos em contacto isso está prometido até porque a Helena vai lá mts vezes ainda nos encontramos a meio caminho...
beijocas doces e tudo de bom...
De Jose Larques a 12 de Julho de 2010 às 01:35
Olá Amiga, estou quase sem palavras para te dirigir !!!! não contava com esta tua opção de vida !!! o teu regresso , á terra que te viu nascer, pensei que seria definitivo. Via e lia em tudo o que escrevias um sentimento muito profundo que transparecia alegria por teres voltado.... enganei-me !!! fico triste por ti e por teus Filhos,miudos espectaculares , via-se que tinham tido um excelente berço, pelas atitudes e comportamentos , eu gostei de partilhar vida com eles. Numa palavra só... procura ser feliz.
De Alzira Macedo a 13 de Julho de 2010 às 09:21
Olá ZÈ...
Tambem eu pensei que quando regressei a Portugal fosse para ficar, a vida por vezes é madrasta...
Não te enganaste amigo, até porque nunca engano ninguem quanto mais no meu escrever...
Já me conheces minimamente e sabes que escrevo o que me vai na alma...
Já vão quatro anos em quie a familia está dividida e o fardo tornou-se muito pesado para mim sozinha...
Sinto-me só sem ombro para chorar, sem mão para me dar e enfrentar os obstaculos que a vida nos faz enfrentar....
Pnderei muito esta ideia e vou para juntar a familia depois quando tudo normalizar voltarei, mas desta vez não sozinha...
Sò deixo uma lagrima cá a Vanessa não quer ir vai ficar imaginas o que me vai na alma...
Mas depois coversamos um dia não queria muito expor na net ...
Obrigado pelo elogio a meus filhos tentei e tento sempre ensinar o melhor que tenho e sei que é o respeito e a humildade...
beijoca e até breve...
De Sonhosolitario a 13 de Julho de 2010 às 20:42
Olá doce amiga Alzira Macedo
Depois de um alonga ausência volto e então com o que deparo, com tua partida pois mais uma boa amiga nos deixa, espero que não nos deixes de escreve, pois amiga Alzira eu sei o quanto dói essas partidas, são lágrimas secas que não dá para fazer crescer nenhuma flor, porque são lágrimas de sentimento puro as lágrimas da emigração, onde todo coração sofre por tudo que nos rodeava, aquele vazio que para no ar que respiramos, pois eu sinto essa dor a muitos anos e muita gente não o devido valor ao sacrifício, de deixar-mos o nosso amado pais, Portugal
Vai volta breve e por favor não nos deixes de dar noticias, te deixo o meu carinho da minha amizade ao longo do tempo que aqui ando neste mundo do blogs, felicidade doce amiga e que encontres o teu sonho dourado para que voltes ao teu cantinho e ao teu Portugal,
Escrevi estas palavras emocionado por que sei o que deves sentir com a tua despedida…
Doce beijinho
Teu amigo
Sonhosolitario

De Alzira Macedo a 15 de Julho de 2010 às 11:52
Olá amigo...

Bons olhos te vejam ou leiam neste caso....
Sim notei que não estavas presente, mas como tambem estive ausente até porque a vida nos prega muitas partidas...
Nºao tinha nem coragem nem forças nem vontade de vir á net...
Agora só o tempo é que nos ajuda a superar e a curar algumas dores....
Olha amigo não sou mais uma boa amiga que parte....
Porque eu não vou partir, apenas vou morar noutro lugar, não impedirá a nossa convivencia a nossa amizade, a nossa partilha...
Nada rigorosamente nada irá mudar....
Apenas estarei uns 1000km separada...
E como tu sabes para a amizade blogsfera a distancia não conta....
Obrigado pelo apoio pelo carinho e pela amizade....
Não deixarei de dar noticias até pk ainda falta um tempinho...
Mas na realidade há mesmo muito para preparar....
Não irei comentar a dor da partida porque o fizeste e bem, mas foi opção minha e tenho de enfrentar...
Prometi a mim mesma que virei cá muitas vezes até porque aprendi a gostar de cá viver....
Obrigado pela tua presença...
Beijos e um até breve que tudo te corra pelo melhor é o que te desejo...
De Anónimo a 11 de Agosto de 2010 às 07:32
adoro-te querida priminha...
beijinho desta tua prima que te adora,


Rosinha

Comentar poste

Visitantes


jeux de casino internet

Sou assim...

Nas asas da imaginação, sentimo-nos que nem borboletas. Voláteis, frágeis e livres Image Host

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

Um despejar...

Triste amanhecer

Quando cai a noite...

Mulher vulcão

"Melhor Presente"

Momento de reflexão

Momentos...

Folhas em branco

Coração bate forte

Imagem que não é a minha....

Uma brisa vinda de longe

Disfarçada em poeta...

Apenas palavras soltas, s...

Um desabafo solitario

Amor Maduro

Tu, eu e a noite

Quando a tristeza nos inv...

Esperanças sofridas

Saudades matam

...

Momento de reflexão

< <

Myspace Photo Cube

Apareça o sol! - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5

mais comentados

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...