Domingo, 13 de Dezembro de 2009

Jardins Inabitados...

 

 

Neste meu jardim inabitado…
Quero habitar…
A mim e a vós…
Pois somente junto conseguimos fazer algo de melhor nesta vida…
Cheia de corrupções, cheia de desamores, de traições.
Cheia de tudo menos de algo positivo, no nosso ser humano.
Estamos em época natalícia…
uma época onde as pessoas dão mais valor…
Não entendo sinceramente, mas é assim…
então vou falar aos vossos corações pelo menos tentar com a minha poesia…
espero que chegue lá….

 

 

 

Inabitado.

 

 

Jardins inabitados são os pensamentos!!!

 Pertencem palavras e imagens presentes.

 Ausento-me por segundos do meu jardim!!!
E contemplo a lua que sorri para min.

 Pedaços de felicidade me fazem sorrir!!!
Até os sons da noite consigo ouvir,

 Jardins anteriores que recuam,
deixando lugar às ideias que flutuam.

 Sensação de bem-estar,
como deste jardim não gostar!!!

 Cada sombra é um poema.

 Cada momento è vivido como o brilho de uma estrela.

 Trago a magia no pensamento!!!

 Que vivo e partilho a cada momento.

 Se pareço ausente, não creias!!!

 Vivo no meu jardim, fora das vidas alheias.

 Dá valor ao meu silêncio,
não te deixes por ele perturbar.

 São momentos de felicidade que irei contigo partilhar!!!

 Esta noite eu quero ser um jardim de sencações,

 Para poder escrever e alegrar vossos corações.

 Não é verdade que existe solidão,

 É apenas uma palavra enganosa, para não deixar falar o coração.

 Todos nós temos um jardim a florescer!!!

 Apenas necessitas nele acreditar,
não o deixar morrer.

 

 

 

Retirado do livro
In "Longe da vista, nunca do coração
Alzira Macedo
junho 2005

 

 

 

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
publicado por Alzira Macedo às 17:04

link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
 O que é? |  O que é?
Sábado, 5 de Dezembro de 2009

Eu no tempo...

 

 

 

Tu, eu…o tempo

Nunca me perguntes o porquê..
Não saberei responder…
sei apenas que quero viver
esta vida sem dor
sem contratempos
sem limites
sem preconceitos
apenas quero ser eu
pensei um dia poder escrever algo bonito sobre alguém
fecho os olhos e imagino
então me decorre todo o meu destino
vivido até gora porque o depois é desconhecido
Não encontro sabedoria para te ajudar
encontro o meu percurso de vida
que tantas curvas perdi
tantos sonhos me esqueci
tantas vivencias desconheci
tanto de tanto perdi
irei a tempo para reviver…
serei capaz de dar a volta por cima
e conquistar o que não me deixaram
o que me prenderam
de viver o que sempre sonhei
o que sempre desejei
o que sempre quis
Nada disso importa…
Apenas o que me oponho agora
 que faço hoje
o que desejo e realizo
são momentos marcantes para mim…
Sim…
porque para ti nada dizem
não é teu viver
não são teus sonhos
não são teus ideais
como somos diferentes
e ao mesmo tempo iguais
somente com passagens diferentes
Os desejos e as conquistas
esta razão de viver
tão presente
de uma forma idealista mas distante
em cada minuto em cada presença
em cada sobrevivência….

 

 

Alzira Macedo

 

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
sinto-me: Envolvida no Tempo
musica: Encosta-te a mim
publicado por Alzira Macedo às 02:30

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
 O que é? |  O que é?
Domingo, 22 de Novembro de 2009

Poetar e forma de expressar...

 

Um poste diferente para um dia diferente…
Escrevi meu poema (Mistério irresistível)
E foi me comentado em poesia
daí nasceu um duetar
que passo aqui a partilhar…

 

Mistério irresistível…
(Alzira Macedo)

 

Numa bela manha,
 O mar estava enraivecido…
Pela minha dor, pela tua falta.
 Passeei, com olhos no horizonte
Enquanto te esperava!
a chuva ia caindo lentamente,
em meu rosto,
sorri ao vento,
lágrimas ou chuva estavam a correr
me perguntei que faço aqui?
porque não,
esperar por ti…
Te aproximas-te lentamente,
com olhos baixos, sorriso maroto
fomos ao encontro um do outro
Esse desejo não iria passar
sem o experimentar…
Mistério envolve magia
desconhecimento total do que nos espera
nossos olhares, iam sendo mais demorados
num jogo sem sedução
ficamos presos ao momento
sem explicação…
Os sorrisos e boa disposição foi uma constante…
quanto mistério estará escondido
o que me dizes e mostras
é mesmo o que és…
E eu…
Serei tão segura de mim
não haverá sedução
mesmo na imaginação…
Mistério…culto e secreto
Esse que fica no ar…
Quem o irá entender?
Quem se irá envolver…
Na busca, no desejo, na entrega
na paixão…No mistério…
 ou coisas do coração…
ou uma mera alucinação…

 

 

Mistério ou desejo?
(Sonhosolitario)
….
Não passam de saudades, do teu leito
O mar estava triste do teu olhar
Porque o mar sabe ler os pensamentos
Nós nunca entendemo-lo com um só olhar
Teremos que saber navegar

….
A chuva te trouxe lágrimas de esperança,
Te envolveram em lágrimas de magia
Ficas envolvida nos brinquedos de criança
dos sorrisos desse encontro de esperança
Que se envolveu a tal dita esperança
….
Nos descobrimentos do mundo desconhecido
Mas sempre protegido,
 pela alma e o tal pensamento
Dos internos olhares, sonhados da sedução
Entrega total com o teu amor dentro do teu coração
Envolve o mistério da sedução
Envolvente sem explicação,
 culpas o mar sem razão
Por falta do teu amor,
sentes falta da tua sedução
….
E no sonho constante da ilusão
Sente a felicidade ao encontro
Do teu coração com esse lindo olhar
E descontracção por isso é amor
E nunca pudera ser ilusão
Amas alguém muito seguro da tua união
Que jamais poderá fugir, ao pensamento
E nos sonhos da tua solidão
Encontras no mar o amigo
Para desabafar tua compaixão
….
Ainda bem que encontras-te algo perfeito
Que ouve e guarda os teus segredos
Dos teus sonhos da tua pura imaginação
Faz-te sentir mais segura de ti própria
No culto secreto do ar que respiras
No entender da verdade
Do mistério e dá paixão
O segredo ficará no mar
E será sempre uma verdadeira
Alucinação.

 
 
Complexa…
(Alzira Macedo)


Não é alucinação amigo
São palavras e momentos que vivem comigo
sempre disse e assumo ser poeta das palavras simples
onde podem beber os meus sonhos minhas ideias
assim como eu não vivo de vidas alheias
Mas gosto de partilhar
da minha existência
E da minha paixão pelo mar
esse sim, entende-me em cada ancorar
posso escalar posso reclamar
mas ele está sempre presente em cada olhar
em cada dor, em cada desabafo, em cada conquista
nunca encontramos o perfeito
vivemos numa busca infernal do querer mais alem
Meus segredos quem os entende, se não os conhecem
tentam perceber, mas logo desaparecem
o interesse se torna pequeno
porque a busca é grande
e se perdem no tempo da procura
assim me torno mais segura
no sonho da ilusão me deito
me transformo e paro para reflectir
será ilusão, será amor, será paixão
não sei e quem saberá
esse alguém da minha união
quem sabe…
será sim…
ou será não…
sou complexa,
sou amiga conselheira e sou poeta
onde o sonho e a realidade
se torna numa miragem
na minha solidão escondo, o meu verdadeiro ser
do querer sentir e não obter
a saudade mora em meu peito
do que não foi e podia ter sido
de um sonhar e amanhecer nunca acontecido.
Olhares, sonhos e sedução
não faz a miragem da minha ilusão
mas sim parte do bater em meu coração
esse coroado de saudade
de marés baixas e altas
que rimam ao encontro do desespero
que renego a cada segundo da minha vida
navego nesse mar extenso em busca de paz
largo as lágrimas de esperança
e meus sorrisos de criança
nele e simplesmente nele
 deposito toda a minha confiança
magia desejo ou não
eis aqui a questão…
 

 

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
sinto-me: Poeticamente bem
musica: Cher
publicado por Alzira Macedo às 21:48

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
 O que é? |  O que é?

Visitantes


jeux de casino internet

Sou assim...

Nas asas da imaginação, sentimo-nos que nem borboletas. Voláteis, frágeis e livres Image Host

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

Jardins Inabitados...

Eu no tempo...

Poetar e forma de express...

Momento de reflexão

< <

Myspace Photo Cube

Apareça o sol! - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5

mais comentados

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...