Domingo, 16 de Maio de 2010

Soltei Emoçoes...

 

 

 

 

 

 

 

Emoções!!!

 

Quanto mau estar
 que não consigo decifrar…
Uma dor que atravessa a alma
rasga o peito
e sobressai em meu olhar

quanta força inútil
 para conseguir disfarçar
quanto sorriso mal conseguido
deixando as lágrimas em meus olhos navegar

quantas tentativas falhadas
em dizer o que sinto
mal acabadas, pelo singelo factor
não posso mostrar o quanto sofro

quanto de quanto foi dito
quanto de quanto ficou por dizer
por mostrar e por viver

aconchego-me no silencio da partida
dou um passo atrás
 para te dar espaço
e dou outro em frente
 no da saudade

Não me acorrento
nas amarras da ilusão
não vivo no mundo do sonho
partilho contigo
um sorriso tristonho 

 

 

 

Alzira Macedo

 

 
sinto-me:
musica: no h, mais nada
publicado por Alzira Macedo às 19:16

link do post | comentar | favorito
comentarios:
De Lena a 25 de Maio de 2010 às 10:47
Olá!
Bonito blog.
Parabéns :)

Deixo um convite: Junte-se a nós no dia 10 de Junho, no Convento dos Frades Franciscanos, em Trancoso, num duplo evento: «Encontro de Bloggers e lançamento do livro "Aldeias Históricas de Portugal – Guia Turístico". Para estar presente, envie um mail para aminhaldeia@sapo.pt a solicitar o formulário de inscrição e o programa das festividades. Faça-o com antecedência, pois as inscrições são até dia 2 de Junho.

Abraço
Lena
De Alzira Macedo a 2 de Junho de 2010 às 15:06
Olá Lena...
Muito obrigada pela visita, pelas palavras e pelo convite...
È sinceramente um assunto a pensar....
Adoro poesia, adoro encontros de literaturas...
Depende é se sei ir ao local certo e se nesse dia estarei de folga de meu emprego...
beijos

Comentar poste

Sou assim...

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

Um despejar...

Triste amanhecer

Quando cai a noite...

Mulher vulcão

"Melhor Presente"

Momento de reflexão

Momentos...

Folhas em branco

Coração bate forte

Imagem que não é a minha....

Uma brisa vinda de longe

Disfarçada em poeta...

Apenas palavras soltas, s...

Um desabafo solitario

Amor Maduro

Tu, eu e a noite

Quando a tristeza nos inv...

Esperanças sofridas

Saudades matam

...

mais comentados

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...