Sexta-feira, 4 de Junho de 2010

Vossa presença foi explendida...

 

 

 

 

 

Meus amigos…

 



Com um pouco de custo vim escrever este poste... 
 

Como alguns de vocês sabem,  estou impedida de trabalhar temporariamente…

 


Pois tenho meu braço direito engessado…

 


Não se preocupem, mais uma semana e penso que tudo será apenas um pesadelo do passado…
Mas não é por esse motivo que escrevo…
È por um motivo especial, alias por um motivo valido,  eu não esperava e me emocionei…

 


Completei 43 aninhos no dia 2 de Junho…

 


Calma são muitos, mas ainda estou muito fresquinha e pronta a receber mais 43 ahahaha


Fui bombardeada com vosso carinho no meu blogue e em outros blogues de amigos…
Depois amigos puxam amigos,  que me pareceu ser um cordão humano,  dando as mãos para virem até mim de varias formas dar-me os parabéns…


"Obrigados…"


Que palavra estranha para tanta emoção que senti…


(São nestes momentos que fico sem palavras… )


Já vos disse varias vezes que são os melhores amigos do mundo…


Hoje só me posso repetir…


Sei que não sou a amiga mais participativa, nem sempre estou presente no que escreveis e partilhais…
Mas porque a vida assim nos obriga…


Tambem não esperava a quantidade de mensagens, telefonemas, comentários, postes dirigidos a mim…
Então me recolhi em meu pensar e cheguei á conclusão que…


Sou uma sortuda e abençoada pela palavra AMIZADE…


A todos vós agradeço todo esse carinho, todas essas maravilhosas palavras…
E o vosso tempo dedicado…


Um beijo em cada um de vós….
Um só???
naaaaaa.. muitossssssssssssssss

 

Adoro-vos

 

"A verdadeira amizade é um caminho de mão dupla. Quando o sorriso dos nossos amigos, nos fizer duplamente feliz, quando a vitória dos nossos  amigos, é a nossa própria vitória, aí  saberemos que tornamo-nos um amigo de verdade"

 

A palavra, amigo deriva do latim amicus, com o significado de preferido, amado...
De facto a palavra, amigo deriva do verbo latino amare, em “português” ( amar. )

 

Amizade, portanto, é uma forma de amor.
Um amor sincero, leal, transparente e incondicional.·

Eu sei que tenho esse amor dos meus amigos, mesmo não nos vendo, não nos abraçando…
Sentimos bem profundo no nosso intimo, pelas palavras que nos escrevem e pelas acções divulgadas…


Amo-vos amigos e mais uma vez…

 Obrigado por participarem no meu dia de aniversário
musica: parabens a voçê
sinto-me:
publicado por Alzira Macedo às 14:57

link do post | favorito
De Fátima Soares a 4 de Junho de 2010 às 17:28
Olá Alzira! Venho pedir imensa desculpa porque a amiga por ventura não reparou ou não sabe que fechei os meus blogues anteriores onde lhe fiz o versinho no seu dia de anos. Peço perdão de ter se calhar com isso mostrado desconsideração mas não é o caso! Aconteceu-me uma coisa muito desagradável e fui "obrigada" a fechar, mas quero pedir-lhe desculpa por ter feito o versinho e no mesmo dia ou no outro os ter fechado . São coisas muito tristes que acontecem, coisa que temos de enfrentar e para "bem" de outros nós ficamos menos bem, mas tenho a sinceridade e humildade de lhe pedir desculpa deste meu acto não foi nada contra si ou ninguém mesmo, no entanto compreendo que as pessoas não se cheguem a mim agora e eu também me vou manter "sossegada" sem importunar ninguém. Queria só dizer que abri outros blogs porque acho que não tenho de ser obrigada a ficar longe ou "castigada" por ter tido que agir assim e estou sossegadinha no meu canto.
Sendo assim um grande beijinho da Sindarin e que tudo lhe corra sempre muito bem na vida e tenha muito sucesso. As melhoras amiga. Bjs
De Alzira Macedo a 4 de Junho de 2010 às 18:07
Sindarim minha amiga...
Não tens que pedir desculpa de nada...
Nada me fizeste para tal acto...
Sim eu li e comentei o poema dedicado ao meu aniversario...
Não sabia é que tinha fechado o blogue...
Olha amiga eu sempre fui assim na vida e serei...
Nunca deixei de falar para A Ou B porque outros assim o decidem...
Não tendo motivos de descontentamento nada digo nada faço...
Se a sinderin assim agiu é porque tinha seus motivos...
Irei a visitar sempre que possa se me for permitido e fica á vontade é e será sempre bem vinda....
beijo
De Fátima Soares a 4 de Junho de 2010 às 18:23
Olá Alzira! Obrigada pelas palavras e pela compreensão só mostra que é uma pessoa com um grande coração e que sabe distinguir as coisas minha amiga. Obrigada mais uma vez. Vou adicioná-la se me permite pois até fiquei contente de ver que há pessoas boas e a quem as coisas não precisam de ser na totalidade explicadas para srem percebidas e tidas como aceitáveis. è bom saber que posso voltar. Agradeço de coração. Um beijinho e as melhoras.
De Alzira Macedo a 10 de Junho de 2010 às 20:35
Oi Sindarin...
Não necessitas agradecer o que é normal...
Esta forma de ser é bem minha...
Aprendi com a vida de que não devemos interferir nas vidas uns dos outros...
Mas que devemos sim participar com as pessoas que nos rodeiam...
Não preciso de explicaçoes que não são minhas...
O que mais prezo é a liberdade de expressão de cada um...
Não faz de mim melhor pessoa, mas sim apenas eu....
Podes sim sempre voltar será um prazer assim como eu farei sempre que possa...
Retirei o gesso, mas as coisas não estão a correr muito bem...
Daí eu não ter ainda entrado nos meus blogues...
Mas um dia irá melhorar tenho fé...
Até porque não sou mulher de baixar os braços, posso chorar, posso desesperar mas é no momento...
Depois tenho de agir é assim que tenho feito e farei...
Beijoca fofa pa ti amiga
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Sou assim...

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

Um despejar...

Triste amanhecer

Quando cai a noite...

Mulher vulcão

"Melhor Presente"

Momento de reflexão

Momentos...

Folhas em branco

Coração bate forte

Imagem que não é a minha....

Uma brisa vinda de longe

Disfarçada em poeta...

Apenas palavras soltas, s...

Um desabafo solitario

Amor Maduro

Tu, eu e a noite

Quando a tristeza nos inv...

Esperanças sofridas

Saudades matam

...

mais comentados

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...