Sábado, 3 de Dezembro de 2011

fugi de mim


Eu e somente eu...


Um percurso de vida muito preenchido
uns momentos de glória, de ilusão
de sentimentos partilhados
Onde sorrimos, para quem não tem sorriso
que vivemos, para quem não tem vida
caminhamos num lugar oposto ao nosso
e não o sentimos
enganamo-nos no nosso percurso,  sem dar-mos conta….
Um belo dia acordamos e tudo que era fantástico deixou de ter sua magia
voltamos, ao ponto de partida
refugimo-nos nos nossos escritos de uma vida cheia de sorrisos falsos
ainda nos sentimos culpados
porque será?
Pela ingenuidade!
Ou pela cede de querer ir mais alem das nossas capacidades?
Agora cá estou eu,  
no meu muro de lamentos
onde tudo é inútil
onde apenas desabafo o que me vai na alma
de nada me arrependo
até porque foi uma aprendizagem de vida
Também tive momentos de grandes sorrisos
Mas senti sempre um desconforto em mim
não sabia onde o decifrar
hoje reconheço que foi de deixar de aqui estar
nada é perfeito na vida
nem eu, nem tu, nem ninguém
A humildade em reconhecer que erramos
faz-nos voltar aos locais onde nos sentimos mais felizes
Meu lugar é aqui
perante vós,
perante o escrever o que me vai na alma
è aqui que sou eu
é aqui que me sinto realizada
No meu cantinho onde ninguém me lê
e posso ser eu própria sem me esconder



 

 

 

Alzira Macedo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Alzira Macedo às 03:18

link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
Domingo, 16 de Maio de 2010

Soltei Emoçoes...

 

 

 

 

 

 

 

Emoções!!!

 

Quanto mau estar
 que não consigo decifrar…
Uma dor que atravessa a alma
rasga o peito
e sobressai em meu olhar

quanta força inútil
 para conseguir disfarçar
quanto sorriso mal conseguido
deixando as lágrimas em meus olhos navegar

quantas tentativas falhadas
em dizer o que sinto
mal acabadas, pelo singelo factor
não posso mostrar o quanto sofro

quanto de quanto foi dito
quanto de quanto ficou por dizer
por mostrar e por viver

aconchego-me no silencio da partida
dou um passo atrás
 para te dar espaço
e dou outro em frente
 no da saudade

Não me acorrento
nas amarras da ilusão
não vivo no mundo do sonho
partilho contigo
um sorriso tristonho 

 

 

 

Alzira Macedo

 

 
sinto-me:
musica: no h, mais nada
publicado por Alzira Macedo às 19:16

link do post | comentar | ver comentários (48) | favorito

Sou assim...

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

fugi de mim

Soltei Emoçoes...

mais comentados

comentarios

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...