Domingo, 2 de Maio de 2010

Um dia especial...

 

 

 

Neste blogue escrevo momentos do meu percurso de vida…
È como se fosse um diário…

Mas o melhor acreditem, guardo para mim (ahahahahaha)
Ai querem saber também?
Seus cuscos…

Ta bem, não sou tão mazinha vou contar mais um momento do meu percurso de vida …

Hoje recebi esta carta….

Minha Mãe

Sei que não tenho todas as palavras certas, mas mesmo assim sei decifrar o que um coração é capaz de sentir…
Agradeço todos os dias por ter tido o privilégio de conhecer esta mulher maravilhosa que Deus enviou ao mundo em forma de luz…
Tu mama…
Agradeço-te por me teres dado a vida…
Por me deixares fazer parte do teu mundo mama.
Agradeço-te pelos mais belos momentos, em que rimos em família…
Mesmo nos momentos difíceis em que nos unimos e nos tornamos mais fortes…
Agradeço ainda o facto de me dares mais dois irmãos…
 E de ter um pai que não existe melhor…
Contigo aprendi a seguir em frente sem ter medo…
Porque tu mãe sempre me ensinaste, que ninguém neste mundo é capaz de nos derrotar.
Compreendi que irás estar sempre comigo, nem que esteja do outro lado do mar, sei que nada afastará o amor que tenho por ti…
Nós as duas, como única filha que sou, te agradeço de todo o meu coração mama…
No meu coração ninguém irá ocupar o teu lugar de mãe.
Sei que sofreste por mim sem reclamar, sem gritar…
Por isso mesmo, quero-te dizer que nunca vi pessoa mais bela e forte como tu mama.
Se fosse o caso de eu morrer, tu darias tua vida por mim, só para me fazeres feliz.
Farias tudo por mim sem te arrepender…

Mãe obrigado por me teres ensinado a ser a pessoa que sou.

AMO-TE MAMA

Confesso que este percurso de vida é dos momentos mais lindos…
Dos momentos, em que as lágrimas correm em meu rosto de felicidade.
Em que melhor prenda,  eu não poderia receber neste dia da Mãe…

Ao chegar a casa do emprego encontrei meus filhos sorridentes…
Tinham posto a mesa no jardim decorada com pétalas de flores,   com brilhantes, com velas  e me esperavam com bolo feito por eles,  decorado com rosa vermelha e a garrafa de champanhe…

Sabendo que amo as flores do campo…
Presentearam-me com o mais belo ramo de flores do campo…

passei uma das mais belas tardes…

Da minha felicidade,  envio um beijo a todas as mães…

Que vosso dia seja repleto de felicidade e de muitos sorrisos…
 

 

Alzira Macedo

sinto-me: Feliz por ser mae
publicado por Alzira Macedo às 21:10

link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Sexta-feira, 13 de Março de 2009

a sorrir e chorar...

 

 

 Estive algum tempo ausente da net, por razoes que muitos conhecem (Virus),,,
Como também por outras que desconhecem…
o momento do desabafo chegou…
Como alguns de vocês sabem fui emigrante toda a minha vida…
Regressei ao meu país porque pensei que seria boa altura e poder trazer meus 3 filhos comigo…
Isso também aconteceu, mas por circunstancias politicas e porque nosso país não está á altura de nos dar o apoio necessário…
hoje ao fim de 2 anos e meio de estadia em Portugal, vejo com o coração apertado meu filho mais velho (19 anos)
Com mala feita para emigrar…
Sim, meu filho vai deixar Portugal e partir para França país que o acolhe e lhe dá mais regalias assim como melhor salário (senão ninguém deixaria sua família e seu país…)
Tudo quanto fiz e criei com amor vejo hoje partir…
Sinto revolta, sinto dor incontrolável assim como também já sinto saudade dele…
dia 20 deste mês é a partida, até gora lhe dei força carinho e compreensão, mas o dia está a chegar rápido demais para mim…
vou aproveitar esta pequena semana que me resta com meu filho a meu lado dia e noite…
voltarei logo que possa, pois este meu cantinho é para isto mesmo partilhar alegrias e tristezas…
E como devem calcular este momento é de muita tristeza para uma mãe.
E como não podia ser de outra maneira, me despedi do meu filho da forma que eu melhor me sinto, em poesia…
Este poema  é de uma mãe feliz e ao mesmo tempo triste, para um filho exemplar que quer conseguir algo na via e para isso tem de partir…
Até breve amigos….
Desculpem o desabafo, mas na vida temos de ser sinceros connosco próprios e foi esta a maneira que encontrei poder desabafar sem nada dar a entender ao meu filho…
Irá certamente ler este meu comentário, estará já longe….
Mas muito perto em meu coração….

 

 

 

 

 

Alzira Macedo

A Sorrir e chorar

Sorrio pela lembrança
De quando eras criança
sorrio pela sorte de te ver crescer
Rapaz que ao nascer, me diziam irias morrer
O amor de teus pais venceu
Fizemos os possíveis e impossíveis
para te ver viver, sorrir e crescer
esse milagre aconteceu
Com a fé que de nós nunca desapareceu
foste mimado pelos acontecimentos
hoje és tu, senhor do teu dizer, do teu querer
Teu desenvolver foi por nós admirado
de criança a jovem passaste
amigos e namoros conquistastes
Hoje choro por te ver crescer tão rápido
de nós vais partir, para melhor vida construir
Sorrio de felicidade, porque conseguiste tudo ultrapassar
e tens a força de teus sonhos realizar
choro com coração de mãe
que não te quer deixar ir
mas entendo que sozinho queres conseguir
Não te quero deixar voar
soube-me a pouco tudo quanto contigo vivi
quero mais, muito mais
Sorrio pelas lembranças das noites mal dormidas
dos nossos desentendidos
sabes porquê filho?
Foram momentos marcantes que nos uniram ainda mais
por este amor, incondicional que sinto e dor que em mim mora
sei e entendo que queres ir embora
Boa sorte amor da minha vida
Estarei sempre atenta
nunca te esqueças teu lugar nunca será ocupado
volta quando poderes,
em meu coração teu lugar está reservado
até ao final dos meus dias…
Te amo filho…

sinto-me: Triste
musica: Boa sorte
publicado por Alzira Macedo às 14:36

link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
Domingo, 4 de Maio de 2008

Feliz dia da Mae

 


Ser Mae é muito antes de um filho nascer....



já somos maes quando o transportamos em nosso ventre, aqui tem uma imagem de ecografia quando nosso filho tem 20 semanas...

 

 

 

Ser mãe


É ser responsável,
É educar,
É preparar,
É viver em eterno desassossego,
É achar graça em tudo que nossos filhos fazem,

ser mae émuita coisa ao mesmo tempo
Nem sei como descrever

Apenas sei que é, e sempre será amor para a vida inteira.

          

 

 

 

Feliz dia da Mae

 


ficar orgulhosa de suas descobertas e conquistas,
É chorar, chorar e chorar de emoção, aflição e preocupação,
morrer de ciúmes quando eles começam a "olhar" em volta
e  deixa de ser a "mamã" pra ser "pô mãe",

É sentir saudades de quando eles sorriam pra nós
como se nada mais no mundo existisse,
de quando eles não “viviam” sem nós,
sinto-me: Mae
musica: No dia em que eu sai de casa/
tags: , ,
publicado por Alzira Macedo às 01:00

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Sou assim...

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

Um dia especial...

a sorrir e chorar...

Feliz dia da Mae

mais comentados

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...