Quinta-feira, 15 de Julho de 2010

Vontade propria...

 

O virar de costas não é sinal de fraqueza
Mas sim de vontade,
ou não vontade.
(Do que se quer ouvir ou ver)

 

 

  

 

 

 

 

 

Amo a vida apesar de ter tido de lutar ultimamente com muitos sentimentos negativos…
Principalmente o da dor, que nunca estamos preparados para ela.
Como também o da malvadez…
isso já, devemos de ter um poder de encaixe enorme para aguentar…
Aguenta-se, mas ficam marcas…
Sempre disse…
“O que não me mata faz de mim uma pessoa mais forte”
O que na realidade até sou, não deixando um pequeno mas…
Como todo o ser humano, também tenho a minha fraqueza essa de tanto acreditar que o mundo vai melhorar….


 

 

 (Mais vale uma lágrima de uma derrota, do que a vergonha de não ter lutado)

 
 
 
                                                                                                           
 
 Alzira Macedo
 
 
 
 
 
 

sinto-me: assim a assim
publicado por Alzira Macedo às 14:17

link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
Sábado, 1 de Maio de 2010

momentos sentidos

 


Senti, sinto e sentirei...


Senti solidão
pela falta de ti ...
Mesmo tu estando presente
senti ciúme...
Ppelo teu excesso,
sinto saudade de ti!
Quando estás longe...
Sinto felicidade,  quando te tenho
Nunca me irei esquecer ...
Da forma que me fazes viver feliz...
Triste e amargurada
nas horas vazias da madrugada...
Horas repletas de suspiros
quando de mim,
consegues extorquir todo o prazer...
liberdade de ser quem sou
Dás asas á minha imaginação,
quando me acompanhas
retiras-me todo o prazer da vida,
quando te distancias…
vivo no vai e vem desta vida infernal
do dar, do doar e não receber
No pouco que das sou feliz….
Agora...
No recreio da vida, me reencontro sozinha...
Nos pensamentos…
No tanto querer…
No reprimir…
Sinto ter de vivenciar esse amor...
 Que não replete,
 não conquista, não satisfaz…
Apenas os poucos minutos de partilha que temos...
Embriagada do passado,
dos momentos mais ardentes…
Recordo momentos vividos exagerados…
Que ...
Já não são partilhados…
onde vais, para onde te viras,
não te encontro, nada de ti sei…
Procuro-te num lindo por de sol,
na maré que desce
deixamdo todos os beijos descobertos...
Os que demos e os que perdemos...
Num momento angustiante como este…
Descrevo um passado vivido...
Um presente sentido...
Um futuro desejado
Assim...
È meu, teu percurso de vida…
Alzira Macedo


sinto-me: no meu percurso
musica: ò lua...
publicado por Alzira Macedo às 23:01

link do post | comentar | favorito
Sábado, 24 de Maio de 2008

Sei que nao sou perfeita...

 

È isso mesmo amigos, queria vos deixar uma mensagem sincera e sentida, tal e qual como sou...
Por vezes fazemos ou dizemos apenas o que os outros querem ter ou ouvir...
Mas eu tenho muitas dificuldades em aceitar isso!!! Dizem-me que temos de ser assim para que gostem de nós...
Desculpem minha franqueza mas discordo...
Minha forma de estar na vida é mesmo esta, ser genuina terra- á- terra ser apenas eu com meus defeitos e virtudes...
Talves nao seja o melhor para conseguir obter mais amigos etc, etc
mas é com esta forma de vida que me deito todas as noites de consiencia descansada, porque fui sincera com as pessoas quem me rodeiam...
Eu concordo com o ditado que diz "amigo nao é quem diz sempre o que queremos ouvir, mas sim quem nos diz a verdade mesmo que nao a queiramos aceitar..."

 

 

 

A Verdade (Carlos Drummond de Andrade)

A porta da verdade estava aberta,
Mas só deixava passar
Meia pessoa de cada vez.
Assim não era possível atingir toda a verdade,
Porque a meia pessoa que entrava
Só trazia o perfil de meia verdade,
E a sua segunda metade
Voltava igualmente com meios perfis
E os meios perfis não coincidiam verdade...
Arrebentaram a porta.
Derrubaram a porta,
Chegaram ao lugar luminoso
Onde a verdade esplendia seus fogos.
Era dividida em metades
Diferentes uma da outra.
Chegou-se a discutir qual
a metade mais bela.
Nenhuma das duas era totalmente bela
E carecia optar.
Cada um optou conforme
Seu capricho,
sua ilusão,
sua miopia.

 

 

Com minha meia verdade, a outra metade de Carlos Drummond de Andrade já fico feliz porque já fizemos uma verdade inteira e unica...
Entao concordas com esta verdade, ou partilhas outra opiniao?

 

 


 

sinto-me: Verdadeira e genuina
publicado por Alzira Macedo às 22:25

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Visitantes


jeux de casino internet

Sou assim...

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

Vontade propria...

momentos sentidos

Sei que nao sou perfeita....

mais comentados

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...