Terça-feira, 16 de Julho de 2013

Um desabafo solitario



Domínio


Todas as direcções ou rumos que se toma
existe pressão
Angustia
aperto no coração
multidões vindo do nada
conseguem baralhar todo caminhar
é…
Porque erraste
porque vais rápido demais
porque demoraste
porque não paraste para pensar
porque
porque
porque
e mais
porque…
Amarras, te fazem sentir
fazem,  de ti duvidar
fazem-te vacilar
o tempo passa
um dia …
paras
olhas
e nada vez
solitário
caminhas á busca do teu ser
sem nada entender
deixas  de existir
somente porque alguém
conseguiu dominar
teus passos
tuas vontades
teus sorrisos
mesmo tuas lagrimas
esse alguém que veio do nada
e nada é
apenas
um igual a ti
que tanto quer
e nada consegue
deixando-se acorrentar
por valores desperdiçados
os de outrem
e não os
que sente
os que tanto deseja
os que tem…

 

Alzira Macedo

 

publicado por Alzira Macedo às 14:47

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 31 de Janeiro de 2011

Acorrentada ao amor


 

As amarras de uma paixao


 

Naveguei em teu corpo
como o barco navega no mar
teus braços senti como remos
dirigindo-me para o leito do amor
onde me desnudei
e a ti me entreguei
na noite calma ali...
tu e eu
sem pressa,
sem vontade de regressar à realidade
beijos soaves foram trocados
chamando o desejo
as estrelas testemunharam nossas juras
a lua minhas lagrimas de felicidade
foste minha fonte de inspiraçào

meu amor tornou-se poesia
encantando-me à luz do dia
o vento virou
e de mim te levou
deixando-me um vazio
afoguei na fonte das incertezas
lavando lagrimas de tristeza
apenas restou a recordaçào
de uma paixao
que aprisionou, unicamente meu coraçào

 




Alzira Macedo

 


 

publicado por Alzira Macedo às 19:37

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Sexta-feira, 10 de Abril de 2009

Pascoa

 

Uma santa e feliz Pascoa….

Muitos e mais que muitos são os votos que recebo de Feliz pascoa…

Como não sou insensível á voz do coração e do sentimento que é assim que eu vivo e me reconheço…
Vou aqui deixar a minha mensagem de Pascoa para todos vós …

Historicamente, a palavra Páscoa significa 'passagem', pois muito antes de ser considerada a festa da ressurreição de Cristo, Páscoa anunciava o fim do inverno e a chegada da primavera, onde os pastores faziam uma festa muito alegre, que marcava o renascimento da natureza após os meses de frio do inverno.
 Essa festa recebe o nome de Páscoa.
Na religião católica á qual eu pertenço, não tão praticante como gostaria, mas com coração de missionaria que tenho amar sem medidas e sem olhar aquém…
O que significa a pascoa para mim!!!

 

PÁSCOA...

FRATERNIDADE
SOLIDARIEDADE
PERDÃO
COMPAIXÃO
AMOR INCONDICIONAL
UMA PAUSA PARA MEDITAR,
FORTALECER A FÉ,
E NOSSA BONDADE
LEMBRAR DOS ENTES QUERIDOS...
LEMBRAR DOS NOSSOS AMIGOS...
DOS QUE NADA TEM
E MERECEM TAMBEM

E COM ESTAS PALAVRAS DE HUMILDADE, DE AMOR E CARINHO
DESEJO A TODOS VÓS UMA SANTA E FELIZ PASCOA
QUE NESTE MOMENTO DE REFLEXAO DEIXEM ENTRAR EM VÓS, A BONDADE QUE EXISTE NO VOSSO CORAÇÃO E SOMENTE PORQUE A VIDA NOS OBRIGA A ANDAR SEM PENSAR,
FICA ESQUECIDO APENAS NA NOSSA MEMORIA.

 

sinto-me: SENTIMENTALISTA
musica: Jesus cristo
publicado por Alzira Macedo às 15:02

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Domingo, 8 de Junho de 2008

Amantes

 

AMANTES002.jpg

 

 

 

"Caliente" este tema....

Hoje li esta frase!!!

 

Dois amantes felizes não têm fim nem morte,
nascem e morrem tanta vez enquanto vivem,
são eternos como é a natureza.

 

Não sei quem a escreveu e porquê... Curiosa como sou, fui pesquisar a palavra amante...

Definição : Que ama, que vive em concubinato

"Pessoa que ama, namora, apaixonado, que tem relações ilícitas

Me pareceu tudo normal, fora estas duas palavras sublinhadas....
Mais uma vez fui perceber o significado delas...

Concubinato:
diz-se da situação em que duas pessoas vivem maritalmente sem serem casadas.

Ilícitas:
não lícito; contrário à moral ou às leis; ilegal...

OHHHHHHH Palavra tão linda, para não ser legal....

Depois de tanto ler,
me apeteceu escrever e aqui vai o meu poema para os "amantes"

 

 

 

Amantes

Quantas horas de amor te dei,
na ilusão de um amanha
realizada sonhava estar
quando contigo me ia encontrar
de sorriso, a dor
se transformou este amor
de te querer e não ter
de te beijar
e não apenas te imaginar
no silencio da alma
lágrimas se soltam
do amor reprimido
te sentir com ela é um castigo
revolta nasce em meu ser
e tu dizes não compreender
vozes se alteram em cada encontro
distancia se instala
o que resta em mim
o que resta em ti
se no teu mundo nunca pertenci
dizes não querer me perder
eu sinto que nunca te irei ter
vivo de ilusão em ilusão
sentindo desfalecer o coração
solidão que vem ao meu encontro
lembra-me do que não devo
amor proibido
nunca faz sentido
ficas aquém
sem nada nem ninguém
desespero aperta
sexto sentido em alerta,
ciúme, que chega
tirando toda a razão
o sorriso desaparece, seguido pela discussão
desencontros fatais
pela dor e revolta
entristeces meu ser
por nunca poder te pertencer

 

 

                                                                      Alzira Macedo

 

 

 

 

publicado por Alzira Macedo às 20:47

link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito

Visitantes


jeux de casino internet

Sou assim...

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

Um desabafo solitario

Acorrentada ao amor

Pascoa

Amantes

mais comentados

comentarios
comentarios

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...