Terça-feira, 10 de Março de 2009

Más linguas, com algum interesse...

 

 

 

 

Vêm aí as eleições e esta gente vai votar ! ! ! !


 
 

Um amigo meu comprou um frigorífico novo e para se livrar do velho, colocou-o em frente do prédio, no passeio, com o aviso:

"Grátis e a funcionar. Se quiser, pode levar".

O frigorífico ficou três dias no passeio sem receber um olhar dos passantes.

O meu amigo concluiu que as pessoas não acreditavam na oferta, pois parecia bom de mais para ser verdade e mudou o aviso: "Frigorífico à venda por 50 €. No dia seguinte, tinha sido roubado!

Cuidado! Este tipo de gente vota!

Ao visitar uma casa para alugar, um outro amigo perguntou à agente imobiliária para que lado era o Norte, porque não queria que o sol o acordasse todas as manhãs. A agente perguntou: "O sol nasce no Norte?"

Quando o meu amigo lhe explicou que o sol nasce a Nascente (aliás, daí o nome, e que há muito tempo que isso acontece!) ela respondeu-lhe: "Não estou muito actualizada sobre esses assuntos de astrologia!"

Ela também vota!

Trabalhei uns anos num centro de atendimento a clientes nos Açores. Um dia, recebi um telefonema de um sujeito que queria saber o horário do centro de atendimento, ao que eu respondi: "O número que o senhor marcou está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana."

Então ele perguntou: "Pelo horário de Lisboa ou pelo horário de Ponta Delgada?"

Para acabar logo com o assunto, respondi: "Horário dos E.U.A."

Este é outro que vota!

Um colega e eu estávamos a almoçar no self-service da empresa, quando ouvimos uma das assistentes, com as faces muito vermelhas, falar a respeito do escaldão que tinha apanhado por ter ido passar o fim-de-semana ao Algarve, viajando num carro descapotável.

Comentava ela que "não esperava apanhar um tal escaldão, pois o carro estava
em movimento."

Ela também costuma votar!

A prima da minha mulher tem uma ferramenta salva-vidas no carro para cortar o cinto de segurança, se ela ficar presa. Ela guarda a ferramenta no porta-bagagens!

A prima da minha mulher também vota!

Fui com uns amigos comprar cerveja para uma festa e notámos que as grades tinham desconto de 10%. Como era uma festa prometia prolongar-se, comprámos 2 grades. O tipo da caixa multiplicou 10% por 2 e fez-nos um desconto de 20%.

Este gajo também vota!

Ao chegar ao aeroporto da Portela, as minhas malas nunca mais apareciam na área de recolha da bagagem, Dirigi-me, por isso ao sector da bagagem extraviada.

A mulher que me atendeu, depois de ouvir a minha reclamação, sorriu e disse-me para não me preocupar, porque ela era uma profissional treinada e eu estava em boas mãos."Agora diga-me... o seu avião já chegou?"

Mais uma que também vota!

À espera de ser atendido numa pizzaria observei um homem a pedir uma pizza para levar. O tipo estava sozinho e o empregado perguntou-lhe se preferia a pizza cortada em 4 pedaços ou em 6. Ele pensou algum tempo, e respondeu:

"Corte em 4 pedaços; acho que não estou com fome suficiente para comer 6 pedaços."

Isso mesmo, este tipo também vota!

Agora já sabem QUEM elege os "nossos" políticos!...

 

sinto-me: uma zé povinho
musica: nao necessito,
publicado por Alzira Macedo às 23:47

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 6 de Março de 2008

Falar com franqueza

 

 

Estamos a chegar ao dia 8 de Março “dia internacional da Mulher”

Penso que a maioria das pessoas festejam esse dia, sem ao certo saberem porque existe o 8 de Março marcado com o dia da mulher…
Reparo que grupos de mulheres se juntam e vão jantar fora para comemorar esse dia…
comemorar o quê pergunto eu?
Não me sabem responder, apenas dizem satisfeitas hoje é o nosso dia, e as gargalhadas começam…
Eu diria mesmo que aproveitam esse dia para poder jantar fora sozinhas sem os maridos…
Foi para isso que tantas mulheres perderam a vida, para que no século XXl ainda não conheçam a historia do dia 8 de Março…
Pois se me dão licença eu vou passar a publicar alguns momentos marcantes, Mulheres inesquecíveis, e um pouco da historia do dia da mulher…
Não é que seja feminista porque não sou, apenas sou um ser humano que luta pela igualdade dos povos…
E há datas marcantes que merecem serem lembradas…


“ Todos os cidadãos têm a mesma dignidade social e são iguais perante a lei. Ninguém pode ser privilegiado, beneficiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica ou condição social.”

 



O dia 8 de Março é, desde 1975, comemorado pelas Nações Unidas como Dia Internacional da Mulher

Há 145 anos, no dia 8 de Março de 1857, teve lugar aquela que terá sido, em todo o mundo, uma das primeiras acções organizadas por trabalhadores do sexo feminino. Centenas de mulheres das fábricas de vestuário e têxteis de Nova Iorque iniciaram uma marcha de protesto contra os baixos salários, o período de 12 horas diárias e as más condições de trabalho. Durante a greve deu-se um incêndio que causou a morte a cerca de 130 manifestantes.
Em 1903, profissionais liberais norte-americanas criaram a (Women’s Trade Union League.) Esta associação tinha como principal objectivo ajudar todas as trabalhadoras a exigirem melhores condições de trabalho.
Em 1908, mais de 14 mil mulheres marcharam nas ruas de Nova Iorque: reivindicaram o mesmo que as operárias no ano de 1857, bem como o direito de voto.
Caminhavam com o slogan ”Pão e Rosas”, em que o pão simbolizava a estabilidade económica e as rosas uma melhor qualidade de vida.
Mais tarde, o Partido Socialista norte-americano decretou o último Domingo de Fevereiro o Dia Internacional da Mulher.
Foi comemorado pela primeira vez em 1909 e pela última vez no ano de 1913, pois durante uma conferência mundial das organizações socialistas, decorrida em Copenhaga (Dinamarca), a revolucionária alemã Clara Zetkin propôs o 8 de Março como o Dia Internacional da Mulher.
O dia 8 de Março é, desde 1975, comemorado pelas Nações Unidas como Dia Internacional da Mulher.


 

 

Igualdade de Direitos entre Homens e Mulheres

O Dia Internacional da Mulher simboliza justamente a luta pela igualdade de direitos entre homens e mulheres. E não se pode dizer que se trate de uma luta do passado. Apesar dos muitos avanços verificados durante este século, subsiste a distância entre a situação ideal e a situação real da mulher, como reconheceram unanimemente representantes de 189 países na 4ª Conferência Mundial das Nações Unidas sobre as Mulheres (Pequim, Setembro de 1995).
As mulheres constituem a maioria da população situada no limiar da sobrevivência. Em boa parte de África e Ásia, representam três quartos da população analfabeta. Em média, o respectivo salário é quase 40% mais baixo do que aquele que é pago aos homens por idêntico trabalho. Por todo lado, é tido como grave o problema da violência contra as mulheres, em especial no seio da família. A título meramente exemplificativo e de acordo com estimativas da Amnistia Internacional, cerca de dois milhões de mulheres são anualmente submetidas a mutilação genital.
No entanto, vários têm sido os esforços desenvolvidos para eliminar a discriminação entre mulheres e homens.
No plano internacional, é de destacar o papel das Nações Unidas, que adoptou importantes convenções sobre direitos das mulheres (designadamente, a Convenção para a Eliminação de todas as formas de Discriminação contra as Mulheres e organizou quatro conferências mundiais sobre as mulheres (México, 1975; Copenhaga, 1980; Nairobi, 1985; Pequim, 1995). Parte dessa acção teve na sua origem o trabalho da Comissão do Estatuto da Mulheres (CSW), organismo criado em 1946 pelo Conselho Económico e Social das Nações Unidas e para o qual Portugal foi eleito membro em 1995, por quatro anos.


 

(Caso para dizer!!! O nosso País ainda está muito além das expectativas em todos os sentidos.)

Nunca perder a fé quem sabe se a próxima geração terá  mais sorte, embora continuemos sempre atrás na comunidade Europeia, sim porque se formos a comparar mundialmente então é uma vergonha para quem nos governa.

Como também não sou politica prefiro deixar este debate em aberto, comentem deixem as vossas opiniões…

E já agora mulheres ao festejarem o dia 8 de Março não se esqueçam, não é apenas uma jantarada entre amigas, mas sim muito mais…
Tanto é, que Mulheres Perderam a vida para sermos reconhecidas como tal…


Vale um minuto para pensar…

                

Pao e Rosas...

 

publicado por Alzira Macedo às 08:15

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Sou assim...

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

Más linguas, com algum in...

Falar com franqueza

mais comentados

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...