Domingo, 9 de Maio de 2010

Um Devaneio...

 

 

 
 

Mera ilusão ou não…

 

Sou a que nasceu para a vida
para remar contra todas as marés
Repor todo o equilíbrio no mundo
este de nascer, viver
e repartir, sem deixar rastos
Sou companheira do sonho,
amante da ilusão
madrasta das estrelas
gémea da lua
boémia no meu pensar
sou o arco-íris do sorriso
sou sombra do sol
fogo na chuva
sou contraditória da história
sou o que mostro e o que não vês
sou as ondas do mar
que vem beijar teus pés
sou vento passageiro
sou lágrima contida
sou gemido proferido
no momento de amar
sou semente num campo de lírios
sou rouxinol em meu cantar
sou a névoa da madrugada
e filha da aurora
sou devaneio
vestida de mulher
despida de todo preconceito
quando escrevo não sou eu
até sou
simplesmente eu
a que nasceu para a vida
e não, quem conheces
sou sonhada por alguém
e encontrada por ninguém

 

 

 

 

sinto-me: A Devanear
publicado por Alzira Macedo às 20:42

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Sexta-feira, 5 de Fevereiro de 2010

Vivendo um sonho, para atingir a realidade...

 

 

 

Vivo por ti


Pensando em ti
somente em ti
 sem saber se me consegues seguir
se consegues, me amar de verdade
se sabes o que sou
como me sinto
como me revelo
perdida no tempo, ou nas curvas da vida
passeio sem saber onde parar
onde sorrir e onde chorar
vivo pela vida
pelo amor que me acalenta
que me sufoca
que quer ser vivido e partilhado
sinto vontade de gritar
Amor não te esqueças de mim
quantos passos dou sem saída
quantas palavras ficam sem serem ditas
quantos momentos reprimidos
quantas saudades
vivo por ti
pelo amanha
neste sonho que me acompanha
que de mim por vezes foge
quando te sinto distante
a força própria da vida
que nos separa
e que nos faz reencontrar
num embalar de emoções
quanto para dizer,
para sentir
para partilhar
num amanhecer de uma noite de amor
num mar de pétalas de rosas, por nós desfolhadas
deixando cair
em cada pétala uma promessa
de querer mais
de ti amor
de teus sorrisos, gemidos
de calafrios pelo acontecimento
e no êxtase
 podermos rebolar nos lençóis que nos desnudem
olhando o olhar de cada um
repletos de felicidade
nesta noite de mil maravilhas

 

 

 

 

Alzira Macedo

 

 

 

 

sinto-me: vivendo por ti
musica: Cosa sei...
publicado por Alzira Macedo às 21:51

link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito

Visitantes


jeux de casino internet

Sou assim...

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

Um Devaneio...

Vivendo um sonho, para at...

mais comentados

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...