Quarta-feira, 5 de Março de 2014

"Melhor Presente"

 

 






Sem querer apareceste...
Não te esperava!!
Não esperava reencontrar o que há muito havia perdido...
Trouxeste-me de volta o brilho no olhar...
O sorriso nos lábios...
Mas também o medo de me machucar.
Não te culpo por trazeres de volta um sentimento
Que eu havia prometido apagar de mim.
Mas culpo-te por fazeres desse sentimento o melhor que eu já senti...
De um jeito muito especial
Fizeste-me acreditar de novo que o Amor pode ser verdade...
Nunca amei...
Não sei bem o que essa palavra significa para mim...
Mas o importante agora é que sinto por ti algo que nunca senti.
Não te prometo a perfeição, pois isso eu não tenho...
Mas prometo o meu melhor desempenho!
És alguém mais do que especial para mim!
És alguém diferente...
Assim como eu sou...
És um desafio para mim!!
E sem que eu percebesse
Escreveste o teu nome no meu coração e aqui o deixaste.
És uma das melhores coisas que na minha Vida aconteceu...
Tu não és um brinde... mas sim um presente...
Um presente que Deus me deu!

(Henriques Samuel)




Quando nossa imaginação anda em construção ou mais parada, não podemos passar ao lado de belos textos...
Li, gostei e agora convosco partilhei...


publicado por Alzira Macedo às 09:48

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 10 de Outubro de 2013

Folhas em branco

 

 

Image and video hosting by TinyPic


Um pensar de outono…

 

Aqui escrevo e deixo pedacinhos de minha alma,
Alma vestida de outono,
Que deixa brotar das lagrimas a doce magia das palavras,
Que vive de sorrisos e de raios de sol tímidos.
Alma feita de melancolia,
Que se perde e se reencontra no toque suave de uma brisa.
Alma enfeitiçada, pela descoberta do querer viver
não importa em que estação.
Ao nascer, é-nos oferecido o livro da vida, com páginas em branco.
Essas que a cada estação,  paramos, para dar cor ao livro.
Não é obrigatório seguir as indicações alheias.
Mas inocentemente,
deixamos que os pais e a sociedade escrevam  por nós os primeiros capítulos,
e pode acontecer que não seja do nosso acordo,
Da nossa forma como vemos a vida,
Podemos mesmo ter vontade de misturar as estações
esticar a que mais gostamos…
Mas nada nos obriga a continuar a história da forma como começou…
Hoje é dia de dar asas a liberdade de expressão, deixando fluir os mandamentos do coração
Dar cor ao livro, carregar ele com as mais belas loucuras vividas e não sonhadas…
As letras e as palavras unem-se como dois corpos, duas vidas
e formam pequenas emoções sem definição e sem Limites, os nossos rebentos …
As folhas vão se enchendo pouco a pouco,
Deixando algumas em branco que são as oportunidades perdidas e esquecidas…
E no final do livro encontra-se uma página não preenchida
Paro e reflicto, oiço os sussurros do meu coração,
Fazendo deslizar a lagrima da saudade ao dizer-me que é a folha
dos segredos que ficarão comigo para a eternidade…





Alzira Macedo



publicado por Alzira Macedo às 08:14

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Terça-feira, 8 de Outubro de 2013

Coração bate forte

 

 

“Nunca amamos ninguém."
Amamos, tão somente, a ideia que fazemos de alguém. É um conceito nosso em soma é a nós mesmos que amamos.
Isso é verdade em toda a escala do amor.


Fernando Pessoa

Image and video hosting by TinyPic
publicado por Alzira Macedo às 09:31

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 1 de Outubro de 2013

Uma brisa vinda de longe


 
 
 
Quando o carinho é grande mesmo de longe sentimos o cheirinho de uma amizade de verdade. Eu amo você - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5



publicado por Alzira Macedo às 15:47

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Disfarçada em poeta...

 

 

 



Disfarçadamente escrevi


Folha em branco peguei….
Em folha branca li, ou imaginei
já não sei…
Escrevi sem tinta, sem linhas
ouso dizer que escrevi, sem saber o que dizer
o importante é que consigo descrever-te,
Com tinteiro transparente
és o desenho da minha mente
escreve poeta
escreve…
Deixa linhas em branco
mas nunca deixes de escrever
leva ao mundo o teu ser
ou o deles…
Nas asas do pensamento
empurrado pelo vento, sem perder norte
Desejando aos navegantes do sonho
boa sorte
na conquista
na partilha
no aprender
e no dizer
essencialmente no sentir
veia poética não é escrever
é fazer-te sonhar e nunca acordar
deixar o amor no ar
semente pura, para semear
recolher e desfrutar
deixando o tempo suficiente para amar




Alzira Macedo


publicado por Alzira Macedo às 00:46

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sábado, 1 de Março de 2008

só uns minutos...

 

 

Uma palavrinha antes  que cheguem ao fim de semana…

Sei que é nestes dois dias que muitos de vocês aproveitam este tempo livre, de entrar a horas no serviço, ou de correr para realizar e resolver assuntos importantes junto da sociedade que nos faz correr numa rotina sádica…. O que hoje no tempo moderno se chama de stress.
Então o que se faz nestes dois dias livres???
Tentar dormir mais um pouco, fazer as limpezas mais a fundo, ir ás compras com a família, lavar o carro, fazer um pouco de exercício físico, tentar passar o máximo de tempo com os filhos a esposa ( Marido) visitar familiares, amigos…. Uf…  tanta coisa!!! Será que me esqueci de algo? È evidente que sim…
chega, esses dois dias para tanto? Onde fica o descanso?
Ah… Ainda se quer enviar alguns e-mails aos amigos, porque fazem anos ou já não damos noticias á muito tempo e as saudades apertam…
tanta coisa boa para fazer apenas em dois dias….
Onde se tira o tempo para o descanso?
Será que não sabemos administrar o tempo? Ou damos demasiado importância a tudo quanto nos envolve?
Por vezes ouvimos comentários de que existem prioridades…
Sabem me dizer quais são?
a família é sem dúvida muito importante em nossa vida é o nosso pilar do bem-estar da nossa felicidade. Mas se é uma prioridade! Onde vamos buscar o tempo para o bem- estar da nossa alma, do nosso ego, da nossa importância na vida sociativa?
Para vivermos plenamente, temos de deixar muito do que nos é importante por vezes á deriva.
Para dar valor a tudo não temos tempo…
Para deixarmos algo para trás não nos realizamos…
será que estamos num beco sem saída?
tenho algumas ideias bem próprias é claro, mas também tenho todas estas duvidas….
Gostava de saber qual a vossa opinião mas a SINCERA…

Sei que estão de fim de semana e que não tem muito tempo …..
Por isso me resta vos desejar um óptimo fim de semana e façam-me o favor de serem felizes

Obrigado a todos pelos vossos lindos comentários

eu vos deixo com um miminho
um poema meu “O sonho”
e um beijo com carinho

 

Sonho

 

O sonho é a coisa,
 mais linda que podemos ter
sem a ninguém, nada esclarecer
vive o teu sonho
no dia em que acordares
vez que vale a pena viver
mesmo não estando perto desse ser
fazes, dizes e és
sem a ninguém pertencer
tudo quanto vives é o teu próprio querer
sonhas bem alto, olhos bem abertos
sem medo de seres descoberto
em teu pensar
apenas existe o teu bem-estar
não destróis vidas, não fazes ninguém sofrer
então liberta tua imaginação
e vez como é belo viver
sonhas com algo melhor
És capaz de tudo recompor
então sonha…
não deixes nada, nem ninguém, se impor


 

Retirado do livro In (longe da vista, nunca do coração)

               Alzira Macedo

publicado por Alzira Macedo às 16:58

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Visitantes


jeux de casino internet

Sou assim...

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

"Melhor Presente"

Folhas em branco

Coração bate forte

Uma brisa vinda de longe

Disfarçada em poeta...

só uns minutos...

mais comentados

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...