Quarta-feira, 5 de Março de 2014

"Melhor Presente"

 

 






Sem querer apareceste...
Não te esperava!!
Não esperava reencontrar o que há muito havia perdido...
Trouxeste-me de volta o brilho no olhar...
O sorriso nos lábios...
Mas também o medo de me machucar.
Não te culpo por trazeres de volta um sentimento
Que eu havia prometido apagar de mim.
Mas culpo-te por fazeres desse sentimento o melhor que eu já senti...
De um jeito muito especial
Fizeste-me acreditar de novo que o Amor pode ser verdade...
Nunca amei...
Não sei bem o que essa palavra significa para mim...
Mas o importante agora é que sinto por ti algo que nunca senti.
Não te prometo a perfeição, pois isso eu não tenho...
Mas prometo o meu melhor desempenho!
És alguém mais do que especial para mim!
És alguém diferente...
Assim como eu sou...
És um desafio para mim!!
E sem que eu percebesse
Escreveste o teu nome no meu coração e aqui o deixaste.
És uma das melhores coisas que na minha Vida aconteceu...
Tu não és um brinde... mas sim um presente...
Um presente que Deus me deu!

(Henriques Samuel)




Quando nossa imaginação anda em construção ou mais parada, não podemos passar ao lado de belos textos...
Li, gostei e agora convosco partilhei...


publicado por Alzira Macedo às 09:48

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 9 de Setembro de 2012

Saudades matam




O atravessar

Ao longo do tempo que me ausentei de vós,
a saudade tomou posses....
Hoje aqui estou para novamente tentar voltar,
tentar encontrar aquela veia que tanto senti e que de mim foi fugindo...
Essa de escrever,
essa de partilhar,
essa de sorrir...
Por isso e muito mais tomei a decisão de voltar....
De poder contigo voltar a estar,
de sorrir novamente
de partilhar loucuras e desabafos com toda a gente
Onde estarão voçes?
em novos mares navegando?
ou á espera dos que partiram sem nada dizer
como eu!!!
e que saudades deste mundo sentiu...
Vem...
Dá-me a mão de novo
mostra-me o caminho do bem estar
faz-me atravessar a ponte
Para que minha saida das trevas, consiga desfrutar
e sentir como é bom
de novo cá estar....


                                                                                                                                                


                                                                                                                                               Alzira Macedo






publicado por Alzira Macedo às 18:55

link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Quinta-feira, 15 de Julho de 2010

Vontade propria...

 

O virar de costas não é sinal de fraqueza
Mas sim de vontade,
ou não vontade.
(Do que se quer ouvir ou ver)

 

 

  

 

 

 

 

 

Amo a vida apesar de ter tido de lutar ultimamente com muitos sentimentos negativos…
Principalmente o da dor, que nunca estamos preparados para ela.
Como também o da malvadez…
isso já, devemos de ter um poder de encaixe enorme para aguentar…
Aguenta-se, mas ficam marcas…
Sempre disse…
“O que não me mata faz de mim uma pessoa mais forte”
O que na realidade até sou, não deixando um pequeno mas…
Como todo o ser humano, também tenho a minha fraqueza essa de tanto acreditar que o mundo vai melhorar….


 

 

 (Mais vale uma lágrima de uma derrota, do que a vergonha de não ter lutado)

 
 
 
                                                                                                           
 
 Alzira Macedo
 
 
 
 
 
 

sinto-me: assim a assim
publicado por Alzira Macedo às 14:17

link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
Domingo, 7 de Março de 2010

O Dom De Ser Mulher

 

 

 

SER MULHER

Ao iniciar o mundo...
Deram-se conta,  que sem mulher
Não teria graça, ou sabedoria
faltava um ser que desse vida
luz, sonhos e alegria
Fomos criadas…
No decorrer do tempo,
Passamos por momentos dificeis
não eramos sequer ouvidas
Apenas fomos mulher…
Com humildade, dignidade e sabedoria
lutamos pelos nossos ideais
pela nossa sobrevivencia
pelos nossos direitos
para sermos amadas
ouvidas
Resultou,  pergunto eu?
Ainda temos muito para caminhar
enquanto formos escravizadas pela sociedade
não obteremos igualdade
Não o do poder
Mas o do respeito
Pela vida,  que damos com jovialidade
pelo amor que partilhamos sem vaidade
Ser Mulher...
Não  é ser vista,
com olhos de quem fabrica
não é ser mae pelo ser
não  é ser esposa sumisa
ser Mulher...
È ser amor
È ser  pilar principal da vida
È seres tu,
ser eu…
Com defeitos e virtudes
ser respeitada e tratada dignamente
ser o sorriso, a palavra, a lagrima
a dor e a felicidade
nunca renunciar
ao ser magnifico que somos
mulher é sinal de luta
sinal de que sem ti
sem mim
sem ela
o mundo não seria o que é…

 

 

Alzira Macedo

 

sinto-me: Mulher
musica: Erasmo Carlos "Mulher"
publicado por Alzira Macedo às 22:24

link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2010

hoje, apenas hoje...

 

 

 

Hoje


 Tirei um tempo para escrever
nada me ocorre…
Melancolia se apodera.
Sacudo…
Não a quero, nem sentir sequer
Porque motivo terei eu de ficar triste…
Se estás aí me esperando…
Numa curva, na próxima esquina
sorridente
balançando ao vento
abrilhantando meu caminhar
os sons da noite quero ouvir…
teus sons me chegam de longe
e tão perto…
Teu sorriso consigo imaginar
que estarás tu agora a pensar
de mim.
De ti…
do que me pode esperar
Sou filha da madrugada,
das tempestades
do vento
não tenho, dono
nem casa
sou volátil
sou versátil
agora penso
depois sorrio
e outro depois choro
nem sempre sou igual
nem sempre diferente
sou mar
sou brisa
sou sol
e sou alento
Vem…
abraça-me
eleva-me
faz-me sorrir
faz-me viver
como se não existisse amanha
como se hoje fosse o fim
das dores…
do silencio
continuo eu…
serei sempre eu…
implacável
na desordem dos sentimentos…
continuando serena nos acontecimentos
aqui estou, aqui espero
o decorrer da vida…

 

 

Alzira Macedo

 

 

 

 

sinto-me: comigo propria
musica: My luky day
publicado por Alzira Macedo às 21:53

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Terça-feira, 9 de Fevereiro de 2010

Segue-me

 

 

Pediste-me para escrever

Ao som da melodia que ecoa suavemente
me encontro só…
 contigo e com o universo
palavras roucas de prazer, invadem minha alma
meu mundo
como te quero
como te preciso
te procuro
o destino esconde de mim o melhor que está para vir
ou o pior que já me aconteceu
Desconheço
as curvas a contornar
os caminhos a enfrentar
cegamente, me encaminho
sentindo
buscando
ansiando
longe no horizonte te encontras
não te vejo
sinto
encontro um leve versejar
que me dá coragem de enfrentar
obstáculos
lágrimas soltas
gemidos reprimidos
de prazer ou mesmo loucura
como anseio ter as respostas certas
a formula de conseguir atingir sem sofrer
A vida é uma maratona
de conquistas e derrotas
um turbilhão de sentimentos
que num momento não estão
 e de repente o mundo se transforma
eu
 cá fico esperando dias melhores
enquanto isso vou-me evaporando no tempo
te deixando os melhores momentos
Que me resta…
meras recordações
de fragmentos do tempo
cansei-me de falar em amor
torna-se monótono
torna-se igual a sempre
escondido nas lua,  nas estrelas
quero algo diferente
enfrento o mundo
mesmo o planeta
quero ser diferente
ser apenas eu
com mau feitio
meu sorriso
  que nasceu comigo
o teu
que ainda não desenvolveste
quero mudar este ritmo do bom comportamento
simplesmente desafiar ou aniquilar
estas tempestades que me fazem a vida desafiar

Alzira Macedo

 

 

 

sinto-me: Desafiadora
musica: Eu Juro
publicado por Alzira Macedo às 22:56

link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito
Terça-feira, 12 de Janeiro de 2010

Descobre o sentido da vida...

 

 

 

 

A vida…

 

Descobre que a vida…
 È contada em minutos…
Temos pouco tempo para tudo construir!
E desta vida usufruir.
Por isso constrói,
 algo de novo em cada dia…
Dividindo o teu tempo com sabedoria.
Não te esqueças do próximo,
lida sempre com a verdade…
Facilmente encontrarás
 o caminho da felicidade.
Almas cansadas…
 No teu caminho, te irão perturbar,
A ti…
 De ser forte e não desanimar.
Lembra-te
 Que o tempo não para,
 e da tua vida está a descontar.
Não percas tempo desnecessário a pensar,
O que foi ontem, já passou…
olha e sorri para o amanha.
Despede-te das ilusões,
fracassos e decepções,
Constrói uma ponte,
 onde passas os laços de afecção.
Que sejas motivo de inspiração,
Para ti…
E os teus que não encontram solução.
Que sejas soberano por guiar os navegantes,
Mesmo que se tratem de ignorantes.
Lembra-te
que a vida passando por ti,
 nunca voltará a ser como era antes.

 

 

Alzira Macedo

 

 

 

 

sinto-me: vivida
musica: Quando voçe vem me abraçar
publicado por Alzira Macedo às 23:15

link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Quinta-feira, 26 de Novembro de 2009

Noite de reflexão...

Envolvida no misterio da reflexão...
Daria a minha vida por uma noite...
Fosse ela completa de todo o meu desejo de todo o meu ser...
Daria toda minha vida...
Morreria feliz pela realização...



 

 

Quero Ser…


Companheira, das tuas alegrias…
amante dos teus sonhos
conselheira das tuas tristezas e duvidas
Motivo para teu sorriso
e a razão da tua saudade
nas noites traiçoeiras
onde os fantasmas do passado
vierem ao teu encontro
refugia-te em meu colo
sereno e acolhedor…
Quero ser musa inspiradora
da tua poesia
não escrita, não lida, mas vivida
do amor cupido
esculpindo cada fragmento do tempo
cada sorriso, cada olhar cada emoção
um desejo sem fim, sem consolação
a alma sufoca grita
quer se perder no vale dos teus braços
viver essa loucura
sem medida, sem tempo
sem demora
sabendo que vais embora
Não quero perder a poesia
que nasceu entre nós
Ela muda rimas
versos, tempos
mesmo os contratempos
com a partilha fica mais maduro
menos reclamador
aceita esse jogo do amor
sem domínio, nem possessão
porque aprimora o conhecimento
percorre a geografia do corpo
da mente a dimensão
enfeitiça de modo diferente
mãos tremulas
palavras entendidas, sentidas
expressão do amor
é o que descrevo na minha ideia poética
mas trago essa intenção
porque advêm do sentimento
da aceitação versos que tocam
de vidas plenas se fazem uma
na poesia do contra por
um bailar de paixão
dando oxigénio e força ao meu coração…

 

 

Alzira Macedo

 

 

 

sinto-me: oxigenada com força de vida
musica: quero ver o por de sol contigo (Rui Nova)
publicado por Alzira Macedo às 21:37

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Sábado, 24 de Outubro de 2009

Escrevendo na Noite....

 

 

 

Perder para Ganhar


Às vezes é preciso perder para dar VALOR.
É preciso chorar para aprender a AMAR.
É preciso confiar para se ENTREGAR,
ainda assim a grande verdade é que,
é preciso OUVIR, para nunca GRITAR.
Todos irão sofrer um dia, para saber,
o verdadeiro sentido da FELICIDADE!

Se sentires saudade: PROCURA.
Se sentir vontade: FAZ.
Se tiver obstáculos: LUTA.
                Se perder: NÃO TE ABATES.
Se gostas: VIVE!

"Muitas vezes deixamos de lutar
pelo que realmente queremos
pelo simples fato de não querer ouvir um NÃO...

o erro faz parte de todo o ser humano...
perdoar é preciso...
Correr atrás daquilo que realmente queremos é uma obrigação nossa!!!

Vive... ama... pensa... erra...
e depois do erro corre atrás e refaz o  acerto
nada é para a vida toda!!! SÓ DEUS!!!

Ele está sempre do teu lado, na vitória ou na derrota.
Sempre procuramos Deus na Hora da dor.

Experimenta procurá-lo na hora da alegria,
sente a presença dele naquela hora que achas, que não precisas.

 Sentirás ainda mais, a presença dele na tua vida.
Assim como eu o procuro neste momento…
Meu Deus porque me abandonas-te
Serei eu que estou esquecida de ti…
Que vivo numa mera ilusão
e nada mais me dá gozo e satisfação…


 

sinto-me: perdida no mundo...
musica: Coisas da vida (Mariza)
publicado por Alzira Macedo às 13:54

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quinta-feira, 30 de Abril de 2009

Sou como a água...

 

Aqui fica um texto recebido com (autor desconhecido...)


Sei que este meu blog é essencialmente escrito com textos meus assim como por poetas amigos.
Mas quando recebo algo de importante para partilhar entao não exito...



Neste texto, me reconheci !!!
E quem sabe algum dos meus leitores, (tambem se reconheceu)
que tem sido muitos, ao qual eu agradeço a preferencia, assim como os vossos comentarios que tem sido importanticimos para mim....

Aos que por aqui passam e nao comentam, o meu obrigado tambem pelo simples facto de me lerem...


Um beijo com muita amizade para todos.
Chega de conversa e vamos passar ão momento de reflexão...

 

 

 

                                      Sou como a água.....

Nenhuma barreira poderá represar-me e impedir que me torne um oceano.

Se barrarem minha passagem colocando grandes pedras no meu leito converter-me-ei em torrente, em cachoeira, e saltarei impetuosa.

Se me fecharem todas as saídas, eu me infiltrarei no subsolo.
Permanecerei oculto por algum tempo mas não tardarei a reaparecer.
Em breve estarei jorrando através de fontes cristalinas
para saciar a sede dos transeuntes.

Se me impedirem também de penetrar no subsolo, eu me transformarei em vapor, formarei nuvens e cobrirei o céu.

E, chegando a hora, atrairei furacão, provocarei relâmpagos,
desabarei torrencialmente, inundarei e romperei quaisquer diques e...
serei finalmente um grande oceano.
                                           
 

 

sinto-me: como agua limpida
publicado por Alzira Macedo às 15:40

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Sou assim...

Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31

pesquisar

 

posts recentes

"Melhor Presente"

Saudades matam

Vontade propria...

O Dom De Ser Mulher

hoje, apenas hoje...

Segue-me

Descobre o sentido da vid...

Noite de reflexão...

Escrevendo na Noite....

Sou como a água...

Um pouco de loucura

Deixo-me abraçar...

A vida sem amor...

Já pensou na intensidade ...

mais comentados

Arquivos

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Março 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

favorito

A perfeição...

As Contradições do Amor

Quem serei eu

Alzira Macedo-dueto-Sonho...

Teu Nome

Homem do Mar

Amanhecer

Somente Tu

Um pouco sobre mim ...